Felicidades, Orlando! Bar mais antigo de BH comemora 100 anos com grande festa

Reprodução/Instagram/@bardoorlandobh

No próximo domingo (8), o bar mais antigo de Belo Horizonte realiza uma grande comemoração para festejar seus 100 anos de existência. Inabalável e atravessando gerações, o Bar do Orlando, localizado no bairro Santa Tereza, vem mantendo a tradição da boemia, da música, da amizade e da alegria. O centenário será celebrado das 10h às 22h, com muita descontração.

A festa é de graça, no próprio bar, e vai contar com várias atrações para o público, entre DJs, cantores e bandas. Tudo isso regado a muita cerveja gelada e os petiscos mais gostosos da região! Os ingressos podem ser retirados no site e a classificação indicativa é 16 anos.

Tradição

O bar nasceu com o nome de Bar dos Pescadores, por ficar nas margens do antigo Rio Arrudas e ser o ponto de parada para comprar anzol ou fritar o pescado. Mais tarde, quando adquirido por Orlando Siqueira, passou a levar o nome do dono, que já está à frente do estabelecimento há 39 anos. 

Segundo o jornalista e historiador Luis Góes, que cresceu a dois quarteirões do bar, o nome Bar dos Pescadores vem do fato de o pessoal parar no boteco para tomar uma pinguinha antes de pegar o trem na “Parada do Cardoso”, para ir a Sabará ou Roças Grandes pescar no Rio das Velhas.

Orlando Siqueira veio de Santa Luzia para o Santa Tereza logo que adquiriu o bar: “comprei o bar em 11 de novembro de 1980. Na época ainda havia a ponte do Cardoso, que o povo usava para atravessar para Santa Efigênia. Esse pedaço era um corredor, um formigueiro de gente que fazia compras no Mercado. Com sacolas e sacos na cabeça, o pessoal sempre parava aqui pra descansar, tomar uma pinguinha e comer um tira-gosto”.

Seu Orlando, como é conhecido, mora nos fundos do bar e leva a vida naquele espaço, de onde guarda muitas recordações. “Valeu ter comprado o bar. Aqui criei minha família, conheci muita gente, fiz muita amizade. E amizade é coisa muito boa, não tem preço”.

Aos poucos, seu Orlando está passando o bar para o filho, Orlandinho. “Tá na hora de parar e passar pra frente. O Orlandinho foi criado aqui, jogando bola na rua. Já se formou em Administração e está assumindo o bar. Claro que não vou deixar tudo, afinal eu moro aqui nos fundos”, diz ele.

Ele comenta que, no início, o tira-gosto era sardinha, frango frito e ovo cozido. Mais tarde, veio o a batata cozida, a linguiça e o famoso torresmo de barriga. A eles se juntaram o quibe, empada e pastel, que ficam à vista, na estufa. Com Orlandinho, houve inovação no cardápio com pequena sofisticação. Foram acrescentadas as fritas, o contrafilé com fritas e várias opções de espetinho.

A festa dos 100 anos

A comemoração, que será no dia 8, terá uma trilha sonora variada com shows de Rosa Neon, Dona Jandira e Nath Rodrigues, Bloco da Esquina, Bloco dos Pescadores + Cinara Ribeiro + Fabinho do Terreiro, Bloco Volta Belchior, DJ Fê Linz, DJ Naroca e DJ Narciso. O primeiro lote dos ingressos já está esgotado e o segundo estará disponível na próxima sexta-feira (6).

E para quem quiser mesmo entrar no clima, o bar ainda preparou uma surpresa: o público pode comprar camisas personalizadas e ir para o evento uniformizado! As camisas custam R$ 50 e podem ser adquiridas pelo site.

Bar do Orlando – 100 anos

Onde? Bar do Orlando (Rua Alvinópolis, 460 – Santa Tereza)

Quando? Domingo, 8 de outubro, das 10h às 22h

Quanto? GRATUITO

Mais informações? Acesse aqui

Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Redatora do BHAZ desde outubro de 2019. Jornalista graduada pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) e com atuação focada nas editorias de Cidades, Guia e Cultura no BHAZ.