Home NotíciasMinas GeraisAdolescente é estuprada sob mira de arma e abandonada em praça

Adolescente é estuprada sob mira de arma e abandonada em praça

A Polícia Civil de Minas Gerais investigará o caso de uma adolescente de 17 anos vítima de crime sexual na cidade de Poços de Caldas, no Sul de Minas. A jovem foi perseguida por um carro enquanto voltava da escola, por volta das 22h, e obrigada a entrar no veículo, nessa quarta-feira (4). No interior do automóvel, ficou sob a mira de uma arma e foi estuprada.

De acordo com a Polícia Militar, a jovem contou a familiares, por meio do WhatsApp, que era perseguida por um carro preto. Momentos depois, ligou dizendo ter sido colocada à força no veículo e não fez mais contato.

Uma tia da adolescente acionou a PM, que foi até a família dela em busca de informações. Enquanto conversavam, a família da vítima recebeu novas mensagens em que os autores faziam ameaças dizendo estar com ela. Por volta de 1h, os militares receberam informações a respeito da localização da menina, que já estava em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

A vítima foi socorrida por um vigilante enquanto estava desacordada na Praça Getúlio Vargas. Ele acionou o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e a menina foi encaminhada para o hospital. Lá, ela disse aos policiais que os homens tentaram assaltá-la depois de colocá-la à força no carro. Depois, no entanto, começaram a tocá-la nas partes íntimas.

A adolescente disse ter reagido e que chegou a morder o braço de um dos suspeitos. Foi então que foi amarrada e obrigada a ingerir um líquido. Ela relata ter perdido a consciência e que, quando acordou, já estava no chão da praça. Ainda segundo a vítima, não foi a primeira vez que o carro em que os agressores estavam passava pelos arredores da escola.

O caso foi registrado como estupro consumado e está sob responsabilidade da Delegacia de Polícia Civil de Poços de Caldas.

Comentários