Home SeçõesAlto-FalanteMarmitinhas de Luz! Voluntários distribuem alimento – e afeto – para centenas em BH (e você pode ajudar)

Marmitinhas de Luz! Voluntários distribuem alimento – e afeto – para centenas em BH (e você pode ajudar)

Em meio a tantas notícias pesadas que acompanhamos no dia a dia, é renovador saber de boas ações acontecendo pela cidade, não é?! E o projeto Marmitinhas de Luz, realizado em BH, merece destaque! Os voluntários distribuem centenas de marmitas a moradores de rua, aos sábados, e precisam da sua ajuda para seguir – e ampliar – com o projeto.

O despachante Rodrigo Thadeu, de 39 anos, é coordenador do Marmitinhas, criado há 3 anos e meio, em junho de 2016. “Começou com minha mãe, minha esposa e eu, em um apartamento no Buritis (região Oeste de BH). No início, eram 50 marmitas e a gente saía distribuindo pelo bairro”, conta.

Leia mais: Covid-19: BH registra 53 mortes em 24 horas; comércio vai reabrir

Ele explica que, aos poucos, algumas pessoas foram tomando conhecimento e se juntaram para ajudar. “Mudamos para uma casa no Padre Eustáquio, onde a gente tinha mais espaço. Começamos a comprar panelas, ter mais utensílios e começou a surgir pessoas aderindo ao projeto”.

Ver essa foto no Instagram

Mais um sábado de amor e carinho!!! 2020 vamos precisar ainda mais da sua ajuda, passaremos de 300 para 500 marmitinhas de luz por semana. Sem julgamento, sem política, sem religião, apenas amor e caridade.

Uma publicação compartilhada por Marmitinhas De Luz (@marmitinhasdeluz) em

Hoje, no bairro Santa Terezinha, o Marmitinhas da Luz tem uma boa estrutura para produzir as marmitas. São cinco voluntários fixos, que todos os sábados produzem de 300 a 400 refeições. Também são distribuídos sucos de laranja e bananas. “Temos um espaço com três fogões industriais, freezer, espremedor de laranja, liquidificador industrial e bebedouro de 100 litros com água gelada”, esclarece Rodrigo.

Leia mais: Iniciativa gratuita vai ensinar programação a meninas da Grande BH

Mas, segundo ele, para chegar até este ponto não foi fácil. “Fomos montando tudo isso aos poucos. Além das doações, grande parte da estrutura foi montada com nosso dinheiro mesmo e muito esforço”, diz.

“Fazemos como se fosse um almoço de domingo na nossa casa. Para o macarrão, por exemplo, fazemos um molho caseiro, diretamente com os tomates. Para quem receber essa marmita comer do melhor, como nós comemos em casa”, complementa Rodrigo.

Bora ajudar?

As marmitas são distribuídas pelas regiões da Lagoinha e Pedreira Prado Lopes. Para seguir com o trabalho, Rodrigo explica que precisam de doações em dinheiro e mais pessoas ajudando. “Graças a Deus temos muitas doações de arroz, feijão, macarrão, óleo, as coisas não perecíveis. Mas sempre precisamos de dinheiro para os outros mantimentos”.

E completa: “Para conseguirmos ajudar mais pessoas, precisamos de mais gente ajudando também. Nem sempre tem pessoas disponíveis.”

Questionado sobre a motivação para seguir com a ação, Rodrigo conta, emocionado: “É uma honra poder servir e ajudar o próximo. É indescritível! Não tem preço ver a gratidão da pessoas ao você dar a ela o que é básico. Um misto de alegria e bênção”.

Para ajudar o projeto, você pode entrar em contato com o coordenador Rodrigo Thadeu, pelo telefone (31) 98862-4600.

Moisés Teodoro

Moisés Teodoro

Repórter no BHAZ desde janeiro de 2020, além de Social Media e Fotógrafo desde abril de 2019. Formado em Publicidade e Propaganda no Centro Universitário UNA. Escreve no portal com foco nas editorias de Cidades e Variedades, além de fotografar em coberturas de grandes eventos.

Comentários