Home Notícias Brasil De BH ao Oscar: ‘Democracia em Vertigem’ é indicado a melhor documentário

De BH ao Oscar: ‘Democracia em Vertigem’ é indicado a melhor documentário

Dirigido pela belo-horizontina Petra Costa, o documentário “Democracia em Vertigem” representará o Brasil no Oscar 2020. O longa, que narra o processo de impeachment de Dilma Rousseff em uma perspectiva pessoal e intimista, foi lançado pela Netflix em junho de 2019.

A Academia divulgou, nesta segunda-feira (13), a lista dos nomes indicados ao prêmio. Concorrendo com a produção brasileira estão os documentários “American Factory”, “The Cave”, “For Sama” e “Honeyland”.

O documentário dividiu opiniões e chamou a atenção dos críticos, em meio a um cenário de desvalorização do cinema nacional. No sábado (11), Petra Costa alfinetou o atual presidente, Jair Bolsonaro, ao publicar a foto de um outdoor de divulgação do filme em Hollywood, Los Angeles, Estados Unidos.

“É muita emoção ver esse outdoor no ano em que o presidente tenta destruir o cinema nacional. Na Hollywood Blvd ao leste da freeway 101. Viva o cinema brasileiro!!”, escreveu a diretora mineira.

No Twitter, as palavras “Oscar” e “Vertigem” foram as mais comentadas no país nesta segunda e a indicação foi comemorada por artistas, políticos e críticos. “Num momento de desmonte da Ancine, o cinema brasileiro mostra sua força. Num momento de desmonte da democracia, um recado necessário”, publicou Guilherme Boulos, filiado ao PSOL.

Comentários