Home Guia BHAZDepois de sucesso da série, BH recebe peça de ‘O Auto da Compadecida’

Depois de sucesso da série, BH recebe peça de ‘O Auto da Compadecida’

Um dos filmes brasileiros de maior sucesso em todo o mundo, “O Auto da Compadecida” voltou, na última semana, à grade da Rede Globo. A reprise da série, veiculada originalmente em 1999, caiu nas graças do público mais uma vez e foi sucesso de audiência. E para quem quiser continuar acompanhando a história, BH vai receber a peça de mesmo nome inspirada na obra de Ariano Suassuna.

O espetáculo estará em cartaz nos dias 22 e 23 de janeiro e 6 e 7 de fevereiro. Ele faz parte da 46ª edição da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança. As apresentações serão divididas entre o teatro Sesc Palladium e o Palácio das Artes. Os ingressos custam R$ 20 pelo site da campanha.

Patrimônio brasileiro

Lançada pela Globo pela primeira vez há duas décadas, a série “O Auto da Compadecida” foi escrita por Adriana Falcão, Guel Arraes e João Falcão, inspirada no texto clássico da literatura brasileira de Ariano Suassuna. O sucesso foi tanto que o material virou filme, levando mais de 2 milhões de pessoas aos cinemas no ano seguinte.

O que não se esperava é que a série conseguiria manter o sucesso mesmo 20 anos depois de sua criação. Reprisada de terça (7) a sexta-feira (10), às 22h40, a série conseguiu manter 90% da audiência da novela “Amor de Mãe”. Nas redes sociais, o sucesso só se confirmou, com muitos internautas relembrando o amor pela obra: “Não importa quantas vezes eu veja, eu sempre vou rir como se fosse a primeira vez” e “Um dos maiores patrimônios brasileiros tem nome: O Auto da Compadecida” eram alguns dos posts feitos no Twitter.

Peça “O Auto da Compadecida”

Onde? Sesc Palladium e Palácio das Artes

Quando? 22 e 23 de janeiro e 6 e 7 de fevereiro

Quanto? R$ 20 pela Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

Mais informações? Acesse aqui

Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários