Tá calor aí? BH terá edição de 10 anos da ‘Praia da Estação’ neste sábado

Cidade de São Paulo/Facebook/Reprodução + Prefeitura de Salvador/Facebook/Reprodução

Belo Horizonte receberá neste sábado (18) uma edição mais do que especial para celebrar os 10 anos da “Praia da Estação”. O evento começa a partir das 14h13 e promete ser o rolê ideal para aliviar o enorme calor registrado na capital.

A festa ocorrerá em seu local tradicional, na Praça da Estação. Desta vez, a proposta é celebrar o poder feminino, com o tema “Elas que lutem”. Na página oficial do evento, um texto explica qual será o tom: ” Elas lutaram, ocuparam e já são 10 anos botando o chassi de sereia no concreto, dando surra de bumbum e lutando por uma cidade livre, onde geral possa ocupar”.

Afinal, como surgiu a Praia da Estação?

Em 2010, o então prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, publicou um decreto em que previa uma espécie de proibição para a realização de eventos em espaços públicos da cidade. O objetivo era que os eventos em praças e parques passassem por uma análise para que, posteriormente, fossem realizados. Foi então que, contrariando a decisão do prefeito, alguns jovens tiveram a ideia de fazer uma intervenção urbana para que a situação mudasse.

Então, iniciaram uma corrente nas redes sociais, convidando populares para ocupar a Praça da Estação, em um clima de praia. Além disso, era pedido aos participantes que usassem canga, biquíni e protetor solar, tudo isso regado a muita bebida e música.

Os primeiros participantes da manifestação eram, em sua grande maioria, as pessoas que se identificam com cultura. E, desde sempre, a Praia deu preferência para a diversão e diversidade. No início, eram pouca pessoas, mas o evento continuou e está aí, completando oito anos em 2018.

Praia da Estação – Elas que lutem

Onde? Praça da Estação – Centro de BH

Quando? Sábado (18), a partir das 14h13

Quanto? DE GRAÇA

Giovanna Fávero
Giovanna Fáverogiovanna.favero@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.