Saulo Poncio dá presente de gosto duvidoso e ainda vai à festa sozinho no aniversário de Gabi

@prmarcioponcio/Instagram/Reprodução + @saulo/Instagram/Reprodução

O cantor Saulo Poncio, da banda UM44K, tem sido assunto frequente nas redes sociais nos últimos tempos. No entanto, não está relacionado com sua música, mas sim com supostos casos de infidelidade. O mais recente foi com a atual esposa, Gabi Brandt, quando foi filmado trocando carinhos com outra mulher, em uma balada (leia aqui).

Nessa quarta-feira (15), foi o aniversário de Gabi Brandt, e mais uma vez o casal voltou a ser assunto na mídia. Com a fama de infiel, a internet novamente se decepcionou com a postura de Saulo com a esposa.

Pra muita gente, o primeiro vacilo do cantor já foi no presente escolhido. Para surpreender a esposa, Saulo promoveu um show particular de sua banda, UM44K. “A Gabi Brandt recebeu de presente um show do Saulo, acho que chamar um carro de som com uma mensagem emotiva seria menos vergonhoso”, comentou um usuário do Twitter.

Ainda piora…

Depois de dar o presente, Saulo considerou sua homenagem prestada e resolveu curtir a noite. Mas, no dia do aniversário de Gabi, o cantor saiu sem a esposa.

Saulo apareceu em algumas fotos no “Verão da Hari”, festa da modelo Hariany Almeida. Enquanto Saulo curtia a noite, os internautas lembravam da esposa passando a noite do aniversário sem ele. “Tava a 10 minutos cantando pra Gabi Brandt e agora já tá na festa”, comentou um usuário do Twitter.

Teoria da conspiração

Apesar de não terem se pronunciado sobre as supostas traições, o casal tem ganhado destaque na mídia com as “fofocas” sobre o relacionamento. Com isso, surgiram na internet diversas teorias sobre a veracidade do casal. Algumas pessoas levantam a hipóteses de que Gabi e Saulo estariam juntos para ganhar destaque na mídia.

O que mais choca as pessoas que acreditam nessa teoria é o fato de Gabi não ter nenhuma reação às notícias de infidelidade do marido.

Guilherme Gurgel
Guilherme Gurgelguilherme.gurgel@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.