Home NotíciasMinas GeraisLula visita Belo Horizonte nesta sexta, dia de possível ‘dilúvio’

Lula visita Belo Horizonte nesta sexta, dia de possível ‘dilúvio’

A primeira visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a Belo Horizonte após o cárcere deve ser debaixo de muita água. Pelo menos, essa é a previsão da Defesa Civil da capital para os próximos dias. Há a possibilidade de ocorrer a chamada “Chuva de Mil Anos”. Até sábado (25), BH pode acumular 150 mm de chuva – para efeito de comparação, a região que mais recebeu água no último domingo (19), a Oeste, registrou 102 mm em 40 minutos.

Lula ficou preso na Superintendência da Polícia Federal durante 580 dias. O petista estava detido por causa do processo referente ao tríplex do Guarujá, que ele teria recebido como propina da OAS. Ele foi solto no dia 8 de novembro do ano passado após o entendimento do STF (Supremo Tribunal Federal) de que uma pessoa só pode ser detida após o esgotamento de todos os recursos na Justiça.

Nessa quinta-feira (23), o petista participa de um encontro com coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) em Sarzedo, na região metropolitana de Belo Horizonte, às 19 horas. A previsão é de que as pancadas de chuva desta quinta atinjam de 50 a 70 milímetros de água. Ainda há a possibilidade de vento em torno de 50km/h até 8 horas desta sexta-feira (24).

+ BH pode ter nova ‘Chuva de mil anos’ até sábado, com volume superior a de domingo

Já nesta sexta-feira (24), o ex-presidente deve usar a sombrinha em Betim, na região metropolitana da Capital, onde participa de um seminário com relação ao rompimento da barragem I da Mina Córrego do Feijão. A tragédia ocorreu há quase um ano, em Brumadinho, e deixou ao menos 259 pessoas mortas. Outras 11 seguem desaparecidas.

+ ‘Cancelem o rolê de sexta’: Risco de temporal amedronta população e BHAZ tira dúvidas

Antes de voltar para São Paulo, Lula ainda vai se reunir com intelectuais e professores do Estado em um encontro fechado na manhã de sábado (25) .

Segurança

A Polícia Militar (PM) está preparada para a visita do ex-presidente. A corporação informou que vai organizar o policiamento em locais de evento, já que há a possibilidade de aglomerações. Já a BHTrans ( Empresa de transportes e Trânsito de Belo Horizonte ) informou que não há nenhuma operação especial programada para a visita do ex-presidente.

“No que tocante a segurança durante a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à Belo Horizonte e região metropolitana, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) informa que se prepara com escolta e presença de policiamento específico para os locais dos eventos abertos, em razão do volume e aglomeração de pessoas que possa surgir, antecipando assim possíveis demandas, mesmo não tendo havido solicitação formal de policiamento por parte dos organizadores do evento”, informou a PM em nota ao BHAZ.

Comentários