Home NotíciasBHMais chuva (ainda)! BH deve receber tempestade com volume de água duas vezes maior que o previsto

Mais chuva (ainda)! BH deve receber tempestade com volume de água duas vezes maior que o previsto

A Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu um novo alerta, prevendo um volume de chuva de até 120 milímetros para esta quinta-feira (23). A previsão anterior era de 50 milímetros. O alerta é válido até às 8h desta sexta-feira (24).

“Com base nos últimos registros de chuva e a tendência de novas precipitações para as próximas horas, será acrescido o volume de 50 mm em relação ao previsto, totalizando 100 a 120 mm até 8h de sexta-feira (24)”, diz a Defesa Civil de BH.

Como é feita a previsão?

“Quando a gente faz a previsão, analisamos um série de variáveis. Vemos as condições atmosféricas, o sistema de baixa pressão, áreas de instabilidade, etc. Atualmente, Minas Gerais está praticamente toda coberta por nuvens, o que mantêm o tempo nublado a qualquer hora do dia”, explica a meteorologista Anete Fernandes, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A previsão para esta quinta e sexta-feira pode ser de até 120 milímetros de chuva. “É importante frisar que esse acumulado de chuva representa 24 horas. A chuva está caindo de forma moderada e contínua durante todo o dia. Não é o mesmo caso de domingo, quando caíram 102 milímetros em 40 minutos”, continua.

Sobre o termo das chuvas em milímetros, também existe uma explicação. De acordo com a meteorologista, 1 milímetro equivale ao volume de 1 litro de chuva que se acumulou sobre uma superfície de área igual a 1 metro quadrado. Então, 1 litro por metro quadrado é igual a 1 milímetro. Os 100 milímetros seriam 100 litros com uma altura de 10 centímetros, dentro desse 1 metro quadrado.

No vídeo abaixo, o Climatempo explica como é feita a medição de chuva no dia a dia e desvenda o mistério dos milímetros. Confira:

Cuidados com a chuva

  • Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos
Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Jornalista no Portal BHAZ

Comentários