Home NotíciasMinas GeraisCidade na Zona da Mata é destruída e moradores estão desaparecidos: ‘Virou praça de guerra’

Cidade na Zona da Mata é destruída e moradores estão desaparecidos: ‘Virou praça de guerra’

As fortes chuvas que atingem Minas Gerais, ao longo dos últimos dias, deixaram um rastro de destruição por diversas partes. Pessoas morreram, edificações foram destruídas e até mesmo sonhos foram interrompidos momentaneamente.

A Zona da Mata é uma das regiões mais atingidas no Estado e Espera Feliz é uma das cidades destruídas pela força das águas. O rio que corta o município transbordou e a cidade de pouco mais de 22 mil habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), virou uma “praça de guerra”.

“Podemos assegurar que 80% da cidade está destruída. O cenário que vemos aqui é de uma praça de guerra. A situação é de extrema calamidade. Prova disso é que até o momento as autoridades não conseguiram mensurar o número de atingidos”, conta, ao BHAZ, Vitor Toledo, morador da região.

Cidade foi tomada pela força da água (Vitor Toledo/Viwer Fotografia)

O governador Romeu Zema (Novo) sobrevoou a região neste domingo (26) e a cidade está entre as 47 que decretaram situação de emergência junto à Defesa Civil Nacional.

Dois moradores seguem desaparecidos e a Prefeitura pede a ajuda da população, caso alguém tenha informação sobre a localização deles.

O BHAZ entrou em contato com a Defesa Civil de Espera Feliz, porém devido à demanda de trabalho dos agentes não foi possível entrevistá-los. “Não para de chegar gente para ser atendido”, explicou uma agente.

A cidade conhecida pelo café teme o que está por vir, visto o tamanho da destruição. “As plantações, os comércios, tudo ficou destruído com a chuva. O Centro da cidade foi tomado. Já falta água, comida, medicamentos. Não sabemos o que vai ser tanto de Espera Feliz, como dos municípios vizinho”, ressaltou Vitor.

Os moradores de Espera Feliz que precisam de ajuda podem entrar em contato pelo número (32) 9 9971 4603.

Rio que corta a cidade transbordou (Vitor Toledo/Viwer Fotografia)
Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Jornalista no Portal Bhaz

Comentários