Home SeçõesAlto-FalanteIdoso com Alzheimer desaparece em BH e família pede ajuda: ‘Entrou em um ônibus’

Idoso com Alzheimer desaparece em BH e família pede ajuda: ‘Entrou em um ônibus’

ATUALIZAÇÃO: Evangelista Martins do Carmo foi encontrado no bairro Milionários, na região do Barreiro, às 12h15 deste sábado (1º). Segundo a família, ele estava sentado perto de uma oficina, com algumas escoriações, mas passa bem. A família agradece a mobilização.

Evangelista Martins do Carmo, de 80 anos, desapareceu após entrar em um ônibus no bairro Jatobá, região do Barreiro, em Belo Horizonte, na manhã dessa sexta-feira (31). Segundo a família, o idoso tem Alzheimer, pressão alta e está sem tomar os remédios desde que sumiu.

Leia mais: UFMG tem primeiro dia de aulas online e alunos não economizam queixas

“Ele desapareceu depois de um portão ter sido deixado aberto lá em casa, por volta das 6h15. Fomos até uma padaria que fica aqui perto e, pelas câmeras de segurança, vimos que ele entrou em um ônibus. Não conseguimos identificar qual o número [do coletivo], mas o veículo seguiu no sentido Centro”, explica Marcelo Martins do Carmo, filho do idoso. O local onde o desaparecido entrou dentro do ônibus fica na rua Maria Tereza Lemos.

Preocupação

Ainda segundo o filho, o pai não lembra de praticamente nada por conta da doença. “Ele já está um pouco debilitado e sabe poucas coisas. Toma muitos medicamentos, estamos realmente preocupados, porque ele precisa dos remédios. Sempre fica alguém com ele, foi um descuido que tivemos”, desabafa o filho.

Leia mais: Shoppings de Contagem abrirão lojas de serviços essenciais

O idoso atende por “Seu Jão Evangelista” e está sem nenhum documento. Ele saiu de casa vestindo uma camisa verde com um detalhe preto na frente, boné azul do Cruzeiro, calça de bri azul escura e uma bolsa amarela.

Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Repórter do BHAZ desde fevereiro de 2017. Jornalista graduado pela PUC Minas, com experiência em redações de veículos de comunicação. Trabalhou na gestão de redes do interior da Rede Minas e na parte esportiva da UOL.

Comentários