Home NotíciasEsportesEm jogo duro de assistir, Galo dribla gramado péssimo e agradece a arbitragem para vencer URT

Em jogo duro de assistir, Galo dribla gramado péssimo e agradece a arbitragem para vencer URT

galo urt campeonato mineiro

Por Jaynne Lamounier

Em um gramado muito castigado, com time misto e favorecido pela arbitragem, o Atlético bateu a URT, neste domingo (9), em Patos de Minas. Com o placar, o Galo retomou a liderança do Campeonato Mineiro (importante lembrar que o Cruzeiro tem um jogo a menos) e, assim, poderá focar na disputa da Copa do Brasil, no meio da semana.

Justamente por causa da partida contra o Campinense, pela competição nacional, em Campina Grande (PB), que o treinador Dudamel poupou parte dos titulares. Pra piorar a situação, o Galo já tinha se desgastado na derrota por 3 a 0 para o Uníon de Santa Fé, da Argentina, na última quinta (6).

Pelo Mineiro, o alvinegro volta a campo no próximo domingo (16), quando encara a Caldense, no Mineirão.

Sem inspiração

O primeiro tempo foi marcado por um Atlético pouco criativo, que investia em lances individuas e bolas rifadas. Por outro lado, a equipe da URT apostou na marcação e nas bolas paradas. Mas nada que tivesse muito sucesso.

Polêmica!

A URT teve um gol anulado de forma equivocada aos 31 minutos de jogo. O gol ocorreu após uma cobrança de escanteio, que sobrou no pé do atacante Roni e morreu dentro da rede. O bandeira marcou impedimento inexistente e o gol foi anulado.

Revés

Se no decorrer do jogo faltou atitude, um lance de bola parada foi suficiente pra definir o placar ainda no 1T. Edinho cobrou um escanteio curto para Dylan Borrero, que acertou um belo cruzamento na área e Di Santo marcou de cabeça.

Mais do mesmo

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo. A URT marcava com seus jogadores na área defensiva e a equipe atleticana demonstrava satisfação com o placar e não buscava muita criação.

Foi por pouco

Aos 38 minutos do 2T, o atacante da equipe de Patos de Minas, Kesley, chutou cruzado na área do Atlético e quase marcou o gol de empate. E, quando parecia que seria o último lance relevante do jogo, Hyoran e Zé Welison avançaram sozinhos contra o goleiro da URT, mas o arqueiro defendeu as duas.

Fim de partida: 1 a 0 para o Galo.

FICHA TÉCNICA
URT 0X1 ATLÉTICO

Local: Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG)
Data: 09 de fevereiro de 2020, domingo
Hora: 18h00 (Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeira Ferreira
Assistentes: Celso Luiz da Silva e Marcyano da Silva Vicente
Cartão amarelo: Valkenedy, Adalgiso Pitbull e Josué (URT); (Atlético-MG)
Gols: Franco Di Santo, aos 44 do 1ºT (Atlético)

URT: Neguete; Jeffinho, Audálio, Josué e Izaldo; Márcio Passos (Patrik), Valkenedy e Júnior Lemos (Flávio); Adalgiso Pitbull (Euller), Kesley e Roni
Técnico: Ademir Fonseca

ATLÉTICO: Michael; Patric, Igor Rabello, Gabriel e Hernández; Martínez, Edinho (Maílton), Allan, Borrero (Hyoran) e Marquinhos (José Welison); Di Santo
Técnico: Rafael Dudamel

Comentários