Home NotíciasBHSeis toneladas: Alimentos descartados por organização após show de Pabllo Vittar são recuperados

Seis toneladas: Alimentos descartados por organização após show de Pabllo Vittar são recuperados

Alimentos arrecadados em show de Pabllo Vittar

Seis toneladas de alimentos arrecadados no show de Pabllo Vittar, na Praça da Estação, foram abandonados na avenida dos Andradas, na noite de sábado (8). As doações tiveram como objetivo ajudar vítimas de estragos causados pela chuva. Eles foram recolhidos pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) e doados na tarde desta segunda-feira (10).

Os mantimentos haviam sido levados pelo público como ingresso para a festa “Chá da Alice”, com a participação da drag queen, e seriam destinados ao Servas (Serviço Social Autônomo Servas), que os distribuiria à população vulnerável após as chuvas em Minas. Fotos dos alimentos jogados na rua sendo recolhidos por agentes da prefeitura circularam pelo WhatsApp.

A PBH informou que os produtos foram apreendidos e a Fiscalização da Regional Centro-Sul aplicou multa ao produtor do evento no valor de R$ 2.713. No total, foram seis toneladas de donativos, também segundo a PBH. Por fim, o órgão esclareceu que a limpeza da praça após os shows foi feita pela SLU (Superintendência de Limpeza Urbana) e que o valor do serviço será calculado e cobrado do promotor do evento.

Alimentos recolhidos

Após a grande repercussão, a assessoria do Code Bar, responsável pelo evento, informou que já recolheu os mantimentos e pagou a multa. Uma triagem do que foi perdido e do que está em condições de consumo foi feita. Às 17h, os alimentos foram entregues ao Servas.

Por meio de nota enviada nesse domingo (9) ao BHAZ (leia abaixo na íntegra), o Code Bar afirmou que a empresa Equipe 1, contratada para recolher os alimentos arrecadados, bem como fazer a segurança e limpeza, abandonou o local por causa da chuva, sem aviso prévio.

Versões controversas

Porém, a Equipe 1 afirma, por nota enviada ao BHAZ (leia abaixo na íntegra), que as versões do Code Bar e da PBH não procedem. De acordo com eles, o contrato firmado seria para fazer a “segurança, brigada e limpeza do evento”. Além disso, informaram que “em momento algum nós ficamos responsáveis pela coleta e transporte dos alimentos doados”.

Sobre o lixo, a Equipe 1 disse que ficou até às 22h e que a “Praça da Estação e ruas adjacentes estavam limpas e o lixo já tinha sido levado”. A PBH explica, por sua vez, que a Praça da Estação ainda estava suja na madrugada desse domingo, sendo preciso que a SLU entrasse em ação. O órgão também enviou fotos com os garis da SLU trabalhando de madrugada.

SLU recolhe lixo deixado pelo evento (SLU/Divulgação)

Nota da Equipe 1

“A produção do evento informou à imprensa que fomos contratados para conduzir os alimentos doados e abandonamos o evento sem autorização da Produção porque choveu.

São 02 afirmações falsas.

VERDADE 1 = Fomos contratados para fazer a Segurança, Brigada e Limpeza do evento. Todos estavam com capas de chuva e trabalhamos sob chuva mesmo. Choveu durante a tarde também e nenhum serviço foi interrompido porque fornecemos capa de chuva para todos os trabalhadores.

VERDADE 2 = Em momento algum nós ficamos responsáveis pela coleta e transporte dos alimentos doados. Temos contrato e testemunhas para provar isso.

O evento finalizou 19h e nós ficamos na Praça da Estação até 22h. Seguranças, Brigadistas e Equipe de Limpeza. Tem diversas câmeras na Praça da Estação que provam isso.

Um dos produtores compareceu na Praça por volta de 21h30 e testemunhou nossa presença lá. Tem câmeras também para confirmar isso. A Praça da Estação e ruas adjacentes estavam limpas e o lixo já tinha sido levado também.

Cumprimos nosso contrato na íntegra. Alimentos não eram nossa responsabilidade, conforme foi divulgado falsamente para a imprensa.

Não respondemos a imprensa para não dar mais problemas ainda, mas a verdade é que a produção esqueceu os alimentos pra trás e estão imputando essa responsabilidade a nossa empresa Equipe 1.

Fomos contratados para retirar o lixo produzido durante o evento. Limpamos tudo e retiramos o lixo conforme contrato. NÃO FOMOS CONTRATADOS PARA LIDAR COM OS ALIMENTOS DOADOS.

Quando a produção, na tentativa de isentar-se de responsabilidade, direciona o problema para nós, todos vão acreditar que fizemos isso, quando na verdade não temos culpa de nada”.

Nota da organização

“Promotor do evento Chá da Alice, realizado nesse sábado, dia 08, na Praça da Estação informa que o abandono dos alimentos arrecadados no evento foi de responsabilidade da empresa Equipe 1 contratada para realizar a limpeza, recolhimento das doações e segurança do local. Em virtude da chuva, a empresa autorizou a saída de seus funcionários sem aviso prévio à organização. Hoje, pela manhã, a Prefeitura de Belo Horizonte, parceira na organização do evento, recolheu os alimentos. “Iremos avaliar a situação dos alimentos e arcar com a troca dos que foram danificados”, afirma Produção do Evento. A festa Chá da Alice teve um público de 15 mil pessoas e contou com shows de Pabllo Vittar, Baianas Ozadas e participação de Mari Antunes, vocalista do Babado Novo.

Já estamos em contato com eles. E iremos retirar os produtos amanhã de manhã substituir os que foram danificados e entregar.”

Vitor Fernandes

Vitor Fernandes

Jornalista no Portal BHAZ

Comentários