Filho de Pelé revela ‘certa depressão’ do pai por não conseguir andar: ‘Não quer sair de casa’

Pelé e Edinho
Filho de Pelé revela que o pai está abatido (@pele/Instagram/Reprodução + Santos FC/Divulgação)

Dono de uma carreira histórica que rendeu mais de mil gols e o título de rei do futebol, Pelé vem se mostrado abatido nos últimos tempos. Agora, com 79 anos, o ex-jogador tem lidado com dificuldades para se locomover, o que leva constrangimento ao ídolo brasileiro.

Edinho, filho de Pelé, detalhou em entrevista ao GloboEsporte.com o estado de saúde do pai. “Ele tá bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele tá com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão”, revelou o ex-goleiro.

Agora, Pelé só consegue se locomover com a ajuda de um andador e, por isso, tem vergonha de sair de casa. Mesmo assim, o ex-jogador não tem feito as sessões de fisioterapia como é recomendado, o que tem sido motivo das broncas levadas pela família.

“Imagina, ele é o rei, sempre foi uma figura tão imponente, e hoje ele não consegue mais andar direito. Ele fica muito acanhado, muito constrangido com isso. Não quer sair, se expor, estar na rua, fazer praticamente nada que tenha que sair de casa. Está muito acanhado, recluso”, contou Edinho ao GloboEsporte.com.

Ex-goleiro, Edinho foi preso em 2005 por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. Em 2014, ele foi condenado a 33 anos de prisão, mas teve a pena reduzida para 12 anos e 11 meses em 2017. Em setembro do ano passado, ele conseguiu progressão da pena para o regime aberto e, hoje, trabalha como coordenador técnico e de desenvolvimento das categorias de base do Santos.

Sofia Leão
Sofia Leãosofia.leao@bhaz.com.br

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.