Neblina faz bairros de BH e Nova Lima ‘desaparecerem’ nesta manhã: ‘Cadê todo mundo?’

neblina vista em bairros de bh e nova lima
Chuvas favoreceram a formação de neblina (Tayra Dutra/Reprodução + @elianegraca/Instagram/Reprodução)

Belo Horizonte e a região metropolitana amanheceram com neblina na manhã desta sexta-feira (14). O fenômeno meteorológico virou assunto nas redes sociais e os internautas apontaram a dificuldade com a visibilidade. No entanto, eles questionaram o motivo de ter acontecido somente em alguns pontos.

O BHAZ conversou com o meteorologista Claudemir de Azevedo, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), para entender a situação. “A neblina se deve aos dias chuvosos que tivemos nesta semana. Aliado a isso, temos o resfriamento da atmosfera, na parte da noite e madrugada, além da alta umidade. A junção de tudo isso forma neblina e névoa pela manhã”, disse o especialista.

Neblina foi registrada em bairros de BH e Nova Lima (@paulinha08/Instagram/Reprodução + Tayra Dutra/Reprodução)

Repercussão

Nas redes sociais, os internautas indagaram o motivo da neblina não ser vista em todos os pontos. “Morar em Nova Lima é ter esses dois climas em menos de cinco minutos”, postou um usuário do Twitter.

Uma internauta, que mora em Belo Horizonte, destacou a diferença do tempo em dois pontos da cidade: “Um sol f* lá em casa e aqui em cima uma neblina f* também. Amo BH”.

Claudemir explicou a dúvida do usuário. “O aparecimento de neblina acontece em pontos mais altos e de vales. Como tivemos o nascer do sol muito cedo, se comparado com os outros dias, o fenômeno não foi visto em toda a cidade”, disse.

Ainda nas redes sociais, vários internautas compartilharam registros do começo do dia com neblina. Confira alguns deles:

View this post on Instagram

Kd todo mundo?! Tempinho bom para ficar ?

A post shared by Eliane Graça (@elianegraca) on

Previsão para o fim de semana

O amanhecer com neblina tende a não acontecer nos próximos dias, devido à uma mudança no tempo em BH e região metropolitana no fim de semana.

“Temos a possibilidade de pancadas típicas de verão, na parte da tarde e noite, mas de fraca intensidade. O calor tende a voltar e os termômetros poderão chegar aos 30ºC, a mínima ficará em 18ºC. Como as chuvas vão diminuir, a nebulosidade não conseguirá proteger a atmosfera do forte calor, explicou.”

Acumulado de chuva nas regionais de BH até às 9h de sexta-feira (14):

  • Venda Nova – 183,6 mm
  • Norte – 15402 mm
  • Nordeste – 197,8 mm
  • Pampulha – 223 mm
  • Noroeste – 259 mm
  • Leste – 195, 4 mm
  • Centro-Sul – 277 mm
  • Oeste – 303, 2 mm
  • Barreiro – 282 mm

Média Climatológica fevereiro: 181,4 mm

Vitor Fórneas
Vitor Fórneasvitor.forneas@bhaz.com.br

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.