Home NotíciasEsportesEfeito Sampaoli? Na estreia do técnico, Galo bate Villa fora de casa e sobe na tabela

Efeito Sampaoli? Na estreia do técnico, Galo bate Villa fora de casa e sobe na tabela

galo sampaoli villa nova

Sim, ainda é muito cedo. Mas a estreia neste sábado (14) foi – pra lá de – animadora. Ao contrário dos últimos jogos, o Galo foi soberano durante todo o confronto contra o Villa Nova, mesmo fora de casa, e esteve próximo de golear. Se já é um efeito do comando de Jorge Sampaoli, o tempo vai dizer, mas a vitória de 3 a 1 anima o atleticano e alça a equipe à vice-liderança.

O Galo agora vive a expectativa de ter a semana inteira para o treinador argentino trabalhar. A equipe enfrenta o América apenas no domingo (22) que vem, às 16h, no Independência. O próprio Coelho, inclusive, pode tirar o Atlético da vice-liderança, se bater o Patrocinense amanhã, fora de casa.

Cartão de visita

Um dos responsáveis por fazer uma revolução no futebol brasileiro ao lado do português Jorge Jesus, Sampaoli era aguardado com muita expectativa pelo atleticano. E o cartão de visita não poderia ser melhor.

Logo no primeiro minuto, Hyoran recebeu bela enfiada na entrada da área e deixou Nathan na cara do gol. O meio se atrapalhou com a bola, perdeu o ângulo, mas rolou para Di Santo apenas empurrar para o gol. 1 a 0 Galo.

Euforia? Não para tanto…

Praticamente no lance seguinte, com o time tocando de pé em pé, Hyoran recebeu nova bola na entrada da área e, sem marcação, experimentou. A bola desviou e quase morreu no fundo da rede. Mas o início avassalador deu uma pausa e o jogo esfriou…

Quando o Villa pressionava…

Depois da pancada inicial, o Villa começou a gostar do jogo. Chegou duas vezes com algum perigo, mas, quando parecia que poderia engrossar, levou o segundo. E a jogada foi novamente bonita…

De pé em pé

Di Santo recebeu na esquerda, rolou para Ricardo Oliveira, que tocou para Hyoran. O meia avançou já dentro da área e chutou firme. o goleiro do Villa, Ricardo Vilar, ainda conseguiu espalmar no travessão, mas, no rebote, Savarino não perdoou.

Fim de jogo aos 11 do 2T

Começou a etapa final e o sorriso se manteve no rosto do atleticano. O time voltou com ímpeto, jogando bem, de forma agressiva. E colheu os frutos em outra envolvente jogada: Ricardo Oliveira avançou na esquerda, tocou pra Nathan, que empurrou para Arana. O lateral não desperdiçou e definiu o jogo logo no início do 2T.

Ainda deu tempo para o Galo pressionar bastante e até mesmo errar um pênalti, batido por Ricardo Oliveira. O Villa ainda conseguiu diminuir, com Zé Eduardo, e Arana foi expulso. Mas a vitória já estava definida – e com empolgante estreia de Sampaoli.

FICHA TÉCNICA
VILLA NOVA X ATLÉTICO

Local: Estádio Castor Cifuentes, Nova Lima (MG)
Data: 
14 de março de 2020, sábado
Horário: 
19h00 (de Brasília)
Árbitro:
 Igor Júnio Benevenuto de Oliveira
Assistentes:
 Marcus Vinicius Gomes e Ricardo Junio de Souza
Cartões amarelos: Sabino, Rodrigo Villar, Moisés Baiano (Villa Nova); Guilherme Arana, Gabriel (Atlético)
Cartão vermelho: Guilherme Arana (Atlético)

GOLS:
Atlético: Di Santo (1 minuto do primeiro tempo); Savarino (42 minutos do primeiro tempo); Guilherme Arana (11 minutos do segundo tempo)
Villa Nova: Zé Eduardo (25 minutos do segundo tempo)

VILLA NOVA: Guilherme Santiago, Sabino, Mol, Wellington e Victor Luiz; Augusto, Diogo Oliveira (Pinguim) e Moisés; Laercio, Leandro (Zé Eduardo) e Paulo Henrique (David Cunha).
Técnico: Rinaldo Lopes Costa

ATLÉTICO: Rafael, Guga, Igor Rabello, Gabriel e Guilherme Arana; Allan, Nathan, Hyoran e Savarino (Fábio Santos); Di Santo (Réver) e Ricardo Oliveira (Marquinhos).
Técnico: Jorge Sampaoli

Comentários