Home NotíciasCoronavírusCoronavírus provoca cancelamento em massa de eventos; confira as principais mudanças

Coronavírus provoca cancelamento em massa de eventos; confira as principais mudanças

Com o aumento no número de casos registrados do novo coronavírus e o decreto de situação de emergência em Minas Gerais, feito na última sexta-feira (13), diversas medidas estão sendo tomadas por autoridades, empresas e cidadãos para tentar evitar ao máximo o avanço da contaminação. Entre essas medidas, está o cancelamento de eventos e atrações turísticas nas cidades, já que uma das principais recomendações das autoridades é que se evite aglomerações.

Só em Belo Horizonte, diversos eventos já precisaram ser adiados ou cancelados por causa da pandemia de Covid-19. Vários museus estão com as portas fechadas, produtores de festivais, shows e atrações nacionais e internacionais precisaram marcar novas datas e o público deve ficar de olho nas mudanças na agenda para evitar prejuízos. Confira algumas das principais alterações nos eventos em BH e região metropolitana:

Show de Marília Mendonça

A rainha da sofrência tinha um show marcado para este sábado (21) em um shopping de Betim, na região metropolitana de BH. No entanto, seguindo recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do Ministério da Saúde, o evento foi adiado.

Em nota, a empresa responsável pela produção do show informou que aqueles que já compraram ingressos têm três alternativas: podem pedir reembolso, aguardar uma nova data negociada com a cantora para realização do show ou usar o ingresso já adquirido, sem necessidade de troca, para os shows de Zé Neto e Cristiano, Marília Mendonça e Luíza e Maurílio, previstos para acontecer no dia 9 de maio.

Nas redes sociais, Marília lamentou a situação, mas lembrou que é importante agir com responsabilidade: “Por mais que o meu desejo sempre seja de estar nos palcos, me posiciono favorável àqueles que suspenderam, adiaram ou até mesmo cancelaram eventos públicos e privados como forma de contribuir para a preservação da saúde de todos”.

Ver essa foto no Instagram

A produção do evento que apresentaria o show de Marília Mendonça, no dia 21 de março, em Betim, informa que baseado nas orientações dos órgãos de saúde nacional (Ministério da Saúde) e internacional (OMS) e de maneira preventiva devido ao avanço do surto do coronavírus (COVID-19) a festa foi adiada. Tal medida é necessária para a segurança do público, artistas e funcionários. A realização de um evento gera emprego e renda para várias famílias e por isso solicitamos ao público que use o ingresso já adquirido, sem a necessidade de troca, para os shows de Zé Neto & Cristiano, Marília Mendonça e Luíza & Maurílio, que serão apresentados no dia 09 de maio. Ou então, os ingressos poderão ser utilizados em uma data futura que será agendada com a cantora Marília Mendonça para a realização do show no Partage Shopping Betim. E para quem preferir reembolso, em breve divulgaremos a data para devolução. Agradecemos a compreensão e reforçamos que estamos juntos com a sociedade na luta contra o coronavírus.

Uma publicação compartilhada por Nenety Eventos (@nenetyeventos) em

Minas Trend

A 26ª edição do Minas Trend, que aconteceria entre os dias 21 e 24 de abril, foi suspensa. A medida foi anunciada nesta terça (17) pela Fiemg (Federação das Indústrias de Minas Gerais), organizadora do Minas Trend. A semana da moda mineira é o maior evento do setor em Minas e reúne mais de 200 marcas. Embora uma nova data ainda não tenha sido divulgada, a Fiemg informou que a possibilidade será avaliada.

Leia também:  ALMG registra primeiro caso de Covid-19 e todos servidores passam a ter temperatura aferida
Leia também:  Não aprovado, inconclusivo e mais: Entenda respostas do Auxílio Emergencial e como denunciar fraudes

Além do Minas Trend, a Federação ainda deve avaliar individualmente todos os eventos, encontros empresariais e reuniões que tenham expectativa de público superior a 50 pessoas. “A decisão baliza-se no cuidado com a saúde humana e no compromisso estabelecido com a sociedade de promoção do desenvolvimento sustentável de Minas Gerais e do Brasil”, informou o órgão.

Festival Villa Mix

Um dos principais festivais da música pop e sertaneja, o Villa Mix também precisou fazer alterações. Após sofrer pressão dos fãs que já haviam comprado ingressos e estavam preocupados com a situação, a empresa responsável pela produção do evento decidiu adiar o festival, que aconteceria no dia 4 de abril. O evento contaria com atrações como Luan Santana, Gusttavo Lima e Wesley Safadão e ainda não teve uma nova data anunciada.

Museus

Além do entretenimento, um setor que vem sofrendo grandes impactos com o surto do novo coronavírus é o de turismo. Diversos museus de Belo Horizonte já anunciaram que vão ficar fechados seguindo as orientações da OMS e do Ministério da Saúde.

O Inhotim, maior museu a céu aberto da América Latina, localizado em Brumadinho, na região metropolitana de BH, anunciou que ficará fechado para visitação por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (18). O CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), na Praça da Liberdade, já suspendeu todas as atividades também por tempo indeterminado, assim como o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal.

Além destes, todos os espaços culturais que integram o Circuito Cultural da Liberdade também vão suspender todas as atividades por tempo indeterminado. O Centro Cultural Minas Tênis Clube já informou que não funcionará pelo menos até o dia 31 deste mês e a tendência é que outros centros culturais da cidade façam o mesmo.

Leia também:  Reabertura de shoppings e centros comerciais em Contagem está em risco após ação do Ministério Público

Outros

A paralisação e suspensão das atividades é uma medida que vem sendo adotada em todas as esferas da vida pública e recomendada pelas autoridades especialmente em situações que não sejam de primeira necessidade, como é o caso de shows, festas, exposições e demais atividades culturais e de entretenimento.

Além dos já citados acima, outros eventos também sofreram modificações, foram suspensos ou adiados. Entre eles estão a tradicional Feirinha Aproxima, já conhecida pelo público de BH, o show da banda britânica McFly, que estava marcado para este fim de semana, assim como eventos marcados por vários shoppings da cidade.

A medida é preventiva e tem o objetivo de diminuir e evitar o contágio da população, portanto, deve ser aplicada na maior parte dos eventos. As empresas têm se mostrado abertas a negociar com o público, mas é preciso estar atento para evitar danos à saúde e ao bolso.

Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários