Home NotíciasCoronavírusDe volta da Europa, Lula nega infecção por coronavírus e ataca postura do governo: ‘Nunca vi tanta bobagem’

De volta da Europa, Lula nega infecção por coronavírus e ataca postura do governo: ‘Nunca vi tanta bobagem’

lula critica bolsonaro coronavírus

O ex-presidente da República Luiz Inácio da Silva (PT) voltou ao Brasil, nesta quinta-feira (19), após passar 12 dias na Europa e atacou a postura adotada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido), no combate ao coronavírus. Em uma transmissão ao vivo em sua página do Facebook, ele negou os boatos de que estaria com coronavírus e avaliou as ações do atual governo do Brasil.

“O governo não estava preocupado em orientar a população, ele estava preocupado em se desfazer da imagem negativa que se permitiu criar de tanta bobagem que falaram na última semana. Sinceramente, eu nunca vi tanta bobagem junta”, disse o ex-presidente a respeito da coletiva de imprensa feita por Bolsonaro e alguns de seus ministros na última quarta-feira (18).

Lula ainda reforçou que a coletiva deveria ter sido aproveitada para prestar esclarecimentos à população, e não para “limpar a imagem do presidente”: “Era importante o governo ter avisado o povo brasileiro o que ele vai fazer de investimento para minimizar o coronavírus aqui no Brasil, por exemplo explicar quanto de dinheiro vai colocar no SUS”.

‘Tem que fechar a boca’

Quanto às medidas já adotadas pelo governo federal, o ex-presidente foi ainda mais crítico. “Não tem que fechar fronteira com a Venezuela, não tem que fechar nada. Se o Moro quisesse fechar alguma coisa, ele teria que fechar a boca”, disse o político sobre o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que também foi o juiz responsável por ordenar a prisão de Lula.

Ele ainda argumentou que o governo brasileiro não deveria estar preocupado com a economia a essa altura. “Gaste quanto for necessário gastar, porque, depois que a gente salvar o povo, vamos discutir como salvar a economia”, defendeu Lula, sugerindo que o governo atual coloque “quantos milhões fossem necessários” de dinheiro novo para circular no país.

‘Vamos todos nos cuidar’

O ex-presidente também aproveitou a live para negar os boatos de que teria contraído coronavírus durante a viagem à Europa: “Graças a Deus não estou com coronavírus. Estou fazendo quarentena para evitar que eu possa ser transmissor e causar mal a alguém ou que eu possa ser receptor e e ser prejudicado”.

Além de criticar a atuação que seria de responsabilidade do governo, Lula ressaltos os cuidados individuais necessários para evitar o contágio da doença. “É importante lavar as mãos, usar álcool gel, ficar em casa, não frequentar restaurante, bar, teatro, cinema. Vamos todos nos cuidar. É importante não ir trabalhar e aí o governo precisa garantir que as pessoas vão poder ficar em casa e receber seu dinheiro”.

O ex-presidente também elogiou a atuação da imprensa, constantemente atacada por Bolsonaro e sua equipe: “Se tem uma instituição que prestou um serviço de informação 24 horas por dia para o povo brasileiro foi a imprensa”.

Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários