Home NotíciasBHMorador de BH, idoso de 66 anos é o segundo morto por Covid-19; Minas investiga outros 40 óbitos

Morador de BH, idoso de 66 anos é o segundo morto por Covid-19; Minas investiga outros 40 óbitos

segunda morte coronavirus

A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) informou nesta terça-feira (31) que o Estado tem dois óbitos confirmados para o novo coronavírus. Outras 40 mortes suspeitas são investigadas. Ainda de acordo com a pasta, há 275 casos confirmados e outros 34.224 suspeitos.

A vítima mais recente é um idoso de 66 anos, que morreu nessa segunda-feira (30). Morador de Belo Horizonte, o homem tinha cardiopatia e diabetes mellitus. Neste tipo de diabetes, o organismo se torna incapaz de produzir insulina ou produz em quantidade insuficiente para a demanda do corpo. Ele fez um exame na rede privada e o diagnóstico foi confirmado pela Funed (Fundação Ezequiel Dias).

Primeira morte

A primeira morte no Estado em decorrência do Covid-19 ocorreu no dia 29 deste mês. A vítima é uma idosa de 82 anos, que também morava em Belo Horizonte. Ela estava internada no Hospital Biocor, em Nova Lima, na região metropolitana da capital mineira.

Leia também:  Covid-19: Brasil tem quase 500 mil casos confirmados e 28.834 mortes

Ela foi internada no dia 21 com quadro de febre, tosse e desconforto respiratório. Ela precisou ser transferida para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) no dia 23. Ela não resistiu e faleceu no dia 29.

Conforme a SES-MG, a idosa tinha doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus e pneumonia crônica. A família da idosa fez um apelo nas redes sociais para que as pessoas não deixem o isolamento.

“Quanta dor é você ver um ente amado sozinho em um leito de UTI, isolada, se sentindo abandonada, porque um vírus maldito ceifou seus pulmões lhe tirando o oxigênio, e sua imensa alegria”, escreveu a nora da vítima no Facebook.

Leia também:  Do antifascismo ao bolsonarismo: Veja os protestos que tomaram o Brasil no fim de semana

+ Mulher que testou positivo para coronavírus morre em Nova Lima e família desabafa: ‘Respeitem a dor’

No país, conforme o Ministério da Saúde, são 159 óbitos em decorrência da doença. Há 4.579 casos confirmados.

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.
Aline Diniz

Aline Diniz

Editora do BHAZ desde janeiro de 2020. Jornalista diplomada pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) há 10 anos e com experiência focada principalmente na editoria de Cidades, incluindo atuação nas coberturas das tragédias da Vale em Brumadinho e Mariana. Já teve passagens por assessorias de imprensa, rádio e portais.

Comentários