Home NotíciasCoronavírusPai e avô de Montillo, ex-Cruzeiro, morrem com suspeita de Covid-19

Pai e avô de Montillo, ex-Cruzeiro, morrem com suspeita de Covid-19

montillo pai avo

O meia argentino Walter Montillo, que jogou no Cruzeiro entre 2010 e 2012, perdeu o pai e o avô nas últimas semanas. O clube atual do jogador, Universidad de Chile, informou nessa terça-feira (7) que as duas mortes são suspeitas de Covid-19.

Walter Óscar Montillo, pai do meia, tinha 60 anos e havia sido internado no último sábado (3), na Argentina, com graves problemas respiratórios. Segundo a nota emitida pela Universidad de Chile, foram feitos exames para confirmar a contaminação pelo novo coronavírus, mas os resultados ainda não foram divulgados.

Leia mais: Homem acusado de estuprar e matar amiga depois de festa é condenado

A morte do pai do Montillo ocorreu poucos dias depois da morte do avô, Óscar, de 91 anos, que apresentava os mesmos sintomas e também fez o exame. A Universidad de Chile lamentou a situação e enviou condolências ao jogador e à família.

O Cruzeiro, clube em que Montillo marcou presença no futebol brasileiro, também manifestou condolências e lamentou as mortes. “Todo nosso carinho e afeto ao jogador neste momento difícil. Nossas orações estão com você e sua família”, escreveu o clube nas redes sociais.

Leia mais: PBH anuncia que leitos da rede privada serão levados em conta

Nesta quarta-feira (8), o jogador publicou uma foto do pai no Instagram e deixou uma mensagem sobre a situação. “Lembrar desse sorriso é o melhor que podemos fazer. Sempre vou lembrar de você e agradecer por me ensinar a honestidade e o trabalho desde pequeno. Te amarei sempre!”, escreveu Montillo.

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários