Marcela, do BBB, ensina Aline Riscado a usar ‘brinquedinhos’ em live: ‘Cuidado para não viciar’

marcela aline riscado
Em uma live, as duas conversaram sobre sexualidade e prazer feminino (@marcelamcgowan + @alineriscado/Instagram/Reprodução)

Especialista em sexualidade feminina, Marcela Mc Gowan, que foi eliminada do BBB20, deu uma aula sobre brinquedos sexuais em uma conversa com Aline Riscado. Em uma transmissão ao vivo no Instagram na madrugada deste sábado (18), a médica deu dicas sobre prazer feminino.

As duas conversavam sobre a abstinência sexual durante o período de isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus. A ex-BBB brincou que saiu de um confinamento, o reality, e foi direto para outro. “Nem deu para tirar o atraso”, comentou Marcela.

A médica então começou a dar dicas de como sentir prazer sozinha, principalmente durante esse período. “Tem como a gente se auto erotizar e se dar prazer. Se masturbar, para usar a palavra correta, é uma coisa que ajuda muito”, afirmou.

+ Efeito quarentena? Kelly Key dá aula de sexo anal para Gracyanne e Belo: ‘É igual porta de banco’

Aline Riscado perguntou se Marcela gosta de “brinquedinhos” sexuais e a ex-sister contou sobre suas preferências. “Eu gosto bastante. Não gosto de vibradores de penetração, prefiro os de estimulação externa. Não substitui o toque, a sensação, mas é interessante. Quando você não tem recurso, vai fazer o quê?”, contou a médica.

Elas continuaram a conversa, comentando sobre a falta de informação sobre masturbação e a vergonha que muitas mulheres enfrentam. “Eu acho o vibrador uma ótima ferramenta para se libertar, se conhecer, às vezes na primeira vez, porque muitas vezes, quando a gente passa uma vida inteira sem se tocar, sem se conhecer, a gente tem as enervações praticamente adormecidas. O vibrador ajuda a reativar essa região”, explicou a médica.

“A história de muitas mulheres é uma história de não conhecer o próprio corpo. A gente escuta desde pequena o ‘tira a mão daí’, ‘fecha a perna’. Esse autoconhecimento é podado das mulheres desde sempre. É essa história de não se conhecer. Então, para voltar a se conhecer, eu falo que é legal usar o vibrador no começo porque ele vai te ajudar a sentir mais rápido as sensações”, completou Marcela.

Apesar de recomendar os brinquedos, a médica faz um alerta para que o exagero seja evitado. “Ele é legal para apimentar [as relações] também, mas a gente tem que tomar cuidado para não viciar, mesmo. Porque o estímulo que o vibrador faz, ninguém é capaz de reproduzir. E aí você fica viciada no vibrador”, finalizou.