Home SeçõesAlto-FalantePaciente do Galba Velloso foge e mãe pede ajuda para encontrá-lo: ‘Meu filho vai morrer se ficar na rua’

Paciente do Galba Velloso foge e mãe pede ajuda para encontrá-lo: ‘Meu filho vai morrer se ficar na rua’

Nicolai estava internado desde 24 de março

ATUALIZAÇÃO ÀS 20H27 DO DIA 21/04/2020: Nicolai de Assis Lacerda foi encontrado com saúde e a família agradece a mobilização de todos.

A família de Nicolai de Assis Lacerda, de 35 anos, está à procura do rapaz que desapareceu no fim da tarde desta segunda-feira (20). Ele faz tratamento psiquiátrico e estava internado no Hospital Galba Velloso, na região Oeste de Belo Horizonte.

Leia mais: Agiota é preso por matar mulher durante festa em Betim

Em entrevista ao BHAZ a mãe de Nicolai, Maria Lacerda, de 66, diz estar desesperada. “Meu filho vai morrer se ficar pelas ruas, pois toma medicamento controlado para tratar a esquizofrenia”, contou.

A situação é ainda mais desesperadora já que Nicolai também é usuário de drogas. O rapaz fugiu do hospital por volta das 18h e a mãe dele havia conversado há poucos minutos com ele.

Nicolai fugiu com as roupas do hospital (Arquivo pessoal/Maria Lacerda)
Leia mais: Reabertura consciente do comércio e previsão de volta às aulas

“Liguei pra ele uns 30 minutos antes da fuga. Ele pediu pra eu levar biscoito e chocolate. Prometi que amanhã tudo estaria lá e agora acontece isso. Esta noite eu não durmo de preocupação”, desabafou.

Funcionários do Galba Velloso disseram que Nicolai pulou o muro da unidade de saúde utilizando um banco.

Ajuda

Dona Maria está seguindo as recomendações médicas e para se prevenir da Covid-19 não está saindo de casa. Ela faz parte do grupo de risco da doença já que tem doenças pulmonares.

A idosa vai aguardar, até a manhã desta terça-feira (21), para acionar as autoridades policiais, caso ele não apareça.

“Peço ajuda das pessoas para encontrar meu filho. Ele é branco, alto, meio calvo e tem uma tatuagem do Corinthians na perna esquerda”, detalha Maria.

A idosa teme passar o contato pessoal e receber trotes, por isso, quem ver o rapaz pode acionar a polícia.

Procurada pelo BHAZ, a Fhemig (Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais) confirmou o caso.“Realmente houve a evasão do paciente Nicolai. Os funcionários acionaram a polícia no momento da fuga e fizeram B.O. , comunicando em seguida a família. O hospital se encontra com a equipe completa e a direção está apurando o que aconteceu para tomar as medidas necessárias”.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários