Home NotíciasBrasilCoronavírus: Por amor, médicos e enfermeiros não voltam para casa

Coronavírus: Por amor, médicos e enfermeiros não voltam para casa

amor medico enfermeiros nao voltam casa

Por Matheus Gazon, do Metrópoles

Entre cumprir o dever imposto pela profissão e cuidar da família, centenas de profissionais da saúde no Distrito Federal tomaram a difícil decisão de se manter distantes das pessoas que mais amam. Com medo de levar o coronavírus para dentro de casa, médicos, enfermeiros e técnicos têm dormido em hotéis ou flats.

Leia mais: Malhando na quarentena? Exercício físico deve ser ‘controlado’ para garantir bem-estar, alerta estudo

E eles têm razão para se preocupar. De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, do total de 1.140 infectados na capital do país, 14% trabalham em hospitais e outras unidades de atendimento a pacientes.

No caso do endocrinologista Fernando Martins Alves, 35 anos, do Hospital Santa Lúcia, a saudade já dura três semanas. Após ser chamado para trabalhar no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) para ajudar no combate à doença, ele precisou, em nome do amor, ficar longe da esposa e dos filhos.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Leia mais: Vacina contra a tuberculose pode ser alternativa para enfrentar a Covid-19

Comentários