Home NotíciasBrasilRepórter da Globo chora ao noticiar morte do colecionador Ricardo Brennand e emociona

Repórter da Globo chora ao noticiar morte do colecionador Ricardo Brennand e emociona

reporter ricardo brennand

Ao noticiar a morte do colecionador de arte Ricardo Brennand, a repórter Beatriz Castro, da Globo News, não segurou a emoção e acabou chorando ao vivo. O empresário morreu aos 92 anos neste sábado (25), por complicações decorrentes da Covid-19.

A repórter se emocionou ao comentar a biografia de Brennand e lembrou de duas entrevistas que fez com o colecionador pernambucano. Beatriz Castro trabalha na TV Globo Nordeste desde a década de 1990. “Momento muito difícil para a gente”, disse ela, já com a voz embargada.

Leia mais: Cotado para o MEC, secretário recusa convite de Bolsonaro e pasta segue vazia

A repórter, então, não conseguiu segurar a emoção e chorou enquanto continuava dando as informações. “Minha relação pessoal com ele era de muita gratidão, porque ele não falava com a imprensa e por duas vezes me deu entrevista”, comentou, com lágrimas nos olhos.

Ela continuou com a reportagem, comentando sobre a admiração do povo pernambucano pelo colecionador e dando as informações sobre a cremação. Antes de encerrar a transmissão, o choro se intensificou e ela não conseguiu mais continuar. “Desculpa, pessoal”, pediu.

Leia mais: ‘Melhor do que você’: Mulher que ofendeu fiscal no Rio é demitida

O momento emocionou os espectadores, que comentaram nas redes sociais e mandaram mensagens de carinho à jornalista. “É uma grande profissional. E o momento realmente é muito pesado para todos nós. Impossível conter a emoção diante de um contexto trágico que nos cerca e da representatividade do Sr. Ricardo Brennand para Pernambuco. Que Deus dê forças à família neste momento”, escreveu um usuário.

No Twitter, Beatriz Castro desabafou e agradeceu as mensagens. “Gente, nunca tinha acontecido antes. Tanta coisa pra dizer e chorei ao vivo. As lágrimas escorriam sem qualquer controle. É gratidão e admiração pelo dr Ricardo Brennand. É a soma da tristeza deste momento. Quero agradecer o carinho de todos que entenderam esse choro. Beijo”, publicou a jornalista.

Ricardo Brennand estava internado desde domingo (19), com Covid-19. Ele é fundador Instituto Ricardo Brennand, considerado um dos melhores museus da América do Sul e que tem como acervo a maior coleção mundial do artista holandês Frans Post, primeiro pintor da paisagem brasileira.

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários