Home SeçõesAlto-FalanteBelo-horizontino tem caminhão roubado dois dias após comprá-lo e oferece recompensa por informações

Belo-horizontino tem caminhão roubado dois dias após comprá-lo e oferece recompensa por informações

caminhao roubado recompensa

Desempregado e buscando trabalhar em uma nova área, o belo-horizontino Túlio Cima vendeu seu carro para comprar um caminhão no sábado (18). Mas, antes mesmo que ele pudesse fazer o seguro do veículo, o caminhão foi roubado na madrugada da segunda-feira (20), e ele agora oferece uma recompensa para quem tiver informações sobre o roubo.

O veículo foi estacionado no sábado na frente do prédio onde ele mora, na rua José Sanguinete, no bairro São João Batista, região de Venda Nova, em Belo Horizonte. Por volta das 3h44 da segunda-feira, uma câmera de segurança registrou o caminhão saindo da rua, mas o rosto do motorista não foi identificado.

Leia mais: Retomada do comércio pode levar à lotação de ônibus em BH

“Eu estou desempregado e comprei o caminhão para trabalhar como terceirizado em uma empresa que faz entregas. Eu ia fazer o seguro e comprar um rastreador na segunda-feira, mas não deu tempo, já tinha sido roubado”, conta Túlio ao BHAZ.

Ele denunciou o roubo à polícia e registrou um boletim de ocorrência, mas ainda não tem informações sobre o paradeiro do veículo. A câmera do prédio da frente, que ele acredita que poderia pegar o rosto do ladrão, está estragada e não registrou as imagens.

“Agora estou sem saber o que fazer, porque tinha comprado ele para trabalhar e agora continuo desempregado. Minha ficha já tinha sido aprovada na empresa, até fui lá hoje, mas estou sem o veículo para começar a trabalhar”, lamenta.

Leia mais: Reabertura do comércio tem longas filas e movimento intenso em BH

Agora, Túlio oferece uma recompensa de mil reais para quem tiver informações sobre o roubo do caminhão. O veículo é todo branco e a placa, de São Paulo, é EIK 4408. Quem tiver qualquer informação pode entrar em contato com a polícia ou com o número (31) 987717947, que também tem WhatsApp. A pessoa não precisa se identificar.

O dono do caminhão oferece mil reais de recompensa (Reprodução)

Comentários