Home NotíciasBrasilSem coveiros e após corpo ‘se perder’, filhos enterram o próprio pai morto por Covid-19

Sem coveiros e após corpo ‘se perder’, filhos enterram o próprio pai morto por Covid-19

Por Natália Lázaro, do Metrópoles

A crise sanitária provocada pela pandemia de coronavírus levou uma família do Amazonas a viver um verdadeiro pesadelo em vida. Os filhos de Joaquim Lopes da Silva, de 82 anos, receberam a notícia da morte do pai, mas não tiveram acesso ao idoso, vítima da Covid-19.

Leia mais: Vereadores de BH querem aplaudir Bolsonaro por ‘atuação exemplar’ na pandemia

Após três dias de buscas, encontraram o corpo do homem em um contêiner frigorífico. Empilhado em outros cadáveres. Com os coveiros parados, tiveram de enterrar, com as próprias mãos, o pai, no cemitério de Manaus.

John Magno Máximo, filho do idoso, contou que o corpo não foi encontrado na unidade de saúde em que o pai morreu. “Muitos corpos em cima do outro, sem identificação nenhuma. Nós tivemos que nos arriscar, tivemos que nos arriscar dentro do freezer, dentro do frigorífico para identificar nosso pai”, disse Máximo, ao portal G1.

Com a falta de coveiro, os filhos tiveram que enterrar o próprio pai no cemitério da cidade. “Nós mesmos estamos enterrando ele, porque não tem coveiro, não tem ninguém da administração, ninguém para nos ajudar”, afirmou o filho de Joaquim Lopes da Silva.

Leia mais: Órfãos da Covid-19. Como crianças lidam com a morte dos pais pela doença

Leia no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Comentários