Home NotíciasBrasilCovid-19: Ex-global desabafa após morte do pai e por não poder abraçar irmãos

Covid-19: Ex-global desabafa após morte do pai e por não poder abraçar irmãos

Christiana Ubach

A ex-global Christiana Ubach falou nas redes sociais sobre a morte do pai, Francisco Monteiro Peres Jr., por conta do novo coronavírus. No desabafo, a protagonista da 17ª temporada de Malhação, em 2009, disse que o momento é complicado e que precisará de muita força.

“O homem mais forte do mundo. Precisarei mesmo de força pra escrever essas palavras que parecem inúteis pra te descrever, mas serão necessárias no exercício, e na tentativa te dizer um até logo”, começou a jovem por meio de uma foto, em que aparece abraçada com o pai, postada em seu Instagram.

Leia mais: ‘Cidadão não, engenheiro civil’: Fiscal é atacado ao controlar aglomeração no Rio

O pai de Christiana morreu no Hospital Santa Teresa, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, nesse domingo (26). “A vida mais intensa e cheia de paixões que eu já assisti foi a sua. Dono de uma personalidade do cão. Também uma mania insistente de fazer o que se quer, de não desistir, de chutar pro gol até a bola entrar. De ter medo de subir no cavalo, e subir sem cela. Você me ensinou uns troços importantes, véio”.

“Ter uma pitada (ou bastante) da sua personalidade me fez viva, me fez gostar de uma boa briga. Mesmo quando o orgulho falava mais forte, ele foi essencial pra minha sobrevivência e auto preservação. Dono de uma ira, uma gana, uma sabedoria toda própria. Certeza que a gente aprendeu a vencer com você, incansável. Descansa guerreiro. Você já fez tanto”, desabafou a atriz.

Leia mais: Inscrições para o Sisu começam amanhã; 51 mil vagas serão oferecidas

A jovem, que tem outros quatro irmãos, ainda relatou a tristeza de não poder consolá-los por conta da pandemia. “Vocês não têm noção do tamanho da dor de não poder abraçar os seus irmãos quando seu pai parte. Fabi, Ju, Mari, Kiko, muito obrigada por vocês existirem comigo. Te amo, pai. Até logo”.

“A história continua pra frente, as crianças, seus 11 netos, ainda vão amar muito os animais, e ainda vão ter esse gênio do cão de atravessar gerações”, disse a atriz. Ela ainda fez questão de agradecer aos profissionais de saúde que cuidaram do pai.

Comentários