Home NotíciasCoronavírusNascida sem os braços, mulher costura máscaras com os pés para doar em hospitais

Nascida sem os braços, mulher costura máscaras com os pés para doar em hospitais

mulher costura mascaras com os pes

Em meio às preocupações geradas pela pandemia do novo coronavírus, surgem cada vez mais histórias de superação que ajudam a espalhar esperança ao redor do mundo. É o caso de Norfarrag Syahirah Shaari, uma mulher de 32 anos que, mesmo não tendo os braços, encontrou uma forma de ajudar: ela costura, com os pés, máscaras para doar a profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

Segundo o New Straits Times, Shaari, que é da Malásia, nasceu sem os dois braços e aprendeu a costurar com os pés desde pequena, justamente por fazer adaptações nas próprias roupas. Agora, ela resolveu usar o talento para promover um bem coletivo e se ofereceu para fazer máscaras e roupas hospitalares para os médicos do país.

Leia mais: ‘População mais pobre infectada pelo coronavírus protege os ricos’, aponta biólogo

Shaari é assistente administrativa da Faculdade Comunitária de Teluk Intan e se juntou ao grupo de voluntários da faculdade criado para a produção dos equipamentos. “Um total de 35 pessoas estão envolvidas, incluindo 25 alfaiates voluntários da região. Esperamos fazer 252 roupas hospitalares: dividimos o tecido e levamos para costurar em nossas casas”, explica.

Inspiração

A mulher conta ainda que cada voluntário exerce uma função diferente: alguns ficam responsáveis por medir e cortar o tecido, outros fazem os moldes e os demais costuram. Ela consegue costurar cerca de oito peças por dia: “Nas segundas-feiras, nós juntamos todos os equipamentos produzidos e distribuímos aos profissionais que estão na linha de frente”.

Leia mais: Técnico de enfermagem do João XXIII morre de Covid-19 em BH

“Sinto orgulho de fazer parte deste programa e esta é a pequena contribuição que podemos dar para ajudar os nossos profissionais da saúde”, conta. Shaari aprendeu, desde pequena, a realizar todas as atividades que uma pessoa com os dois braços consegue fazer e agora posta vídeos de seu trabalho como voluntária durante a pandemia nas redes sociais para incentivar outras pessoas com a mesma condição a se envolverem no combate à doença.

Comentários