Home NotíciasCoronavírusSTF vai investigar Weintraub por crime de racismo contra chineses

STF vai investigar Weintraub por crime de racismo contra chineses

ministro da educação racismo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello determinou abertura de inquérito contra o ministro da Educação, Abraham Weintraub, por suposto crime de racismo. O pedido havia sido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) após o chefe da pasta culpar os chineses pela pandemia do coronavírus e afirmar que o país asiático poderia se beneficiar da situação.

“Acolho, em parte, o pedido da douta Procuradoria-Geral da República e, em consequência, determino a instauração de Inquérito contra o Senhor Ministro da Educação, Abraham Weintraub, por suposta prática do delito tipificado na Lei nº 7.716/89 (art. 20), que dispõe sobre a repressão ao crime de racismo”, diz trecho da sentença.

Leia mais: Lojas desrespeitam restrição do comércio e são fechadas no Buritis: ‘É um absurdo’

No início deste mês, Weintraub tuitou uma imagem do personagem Cebolinha, da Turma da Mônica, na Muralha da China. Ele fez alusão ao fato de o personagem trocar o “r” pelo “l”, insinuando que seria uma forma de falar do povo chinês. O post, no entanto, não está mais disponível.

Leia no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Comentários