Home NotíciasCoronavírusMinas passa dos 90 mil casos suspeitos da Covid-19; mortes chegam a 97

Minas passa dos 90 mil casos suspeitos da Covid-19; mortes chegam a 97

casos minas mortos boletim covid-19

O novo coronavírus continua a vitimar pessoas por todo o Estado. Em novo informe epidemiológico divulgado pela SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais), nesta quarta-feira (6), mais três novas mortes foram registradas nas últimas 24 horas. O Estado passou a marca dos 90 mil casos suspeitos da doença.

Os mais novos números oficiais divulgados pelo Governo de Minas são:

Leia mais: Covid-19: Carros poderão circular dentro de shopping em drive-thru inusitado; medida divide opiniões
  • 97 óbitos (aumento de 3,2% em relação ao último boletim)
  • 109 óbitos em investigação (aumento de 16%)
  • 2.605 casos confirmados (aumento de 6,2%)
  • 91.618 casos suspeitos (aumento de 2,2%)

Grupo de risco

Os novos óbitos são de três homens, todos do grupo de risco. Um deles tem 69 anos e é de Belo Horizonte. O outro tem 47, da cidade de Barbacena, na região Central de Minas Gerais. Já o último óbito foi registrado no município de Extrema, no Sul do Estado, de um homem de 58 anos.

Leia mais: Band para gravações do MasterChef após funcionários testarem positivo

Barbacena tem nove casos confirmados da doença, enquanto Extrema tem 39. As duas cidades registram, cada uma, o segundo óbito pela doença. Com mais uma morte, Belo Horizonte chega a 23 óbitos e 834 casos da Covid-19, sendo a cidade mais afetada do Estado.

Após BH, o município mineiro com o maior número de casos confirmados é Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 219; seguido por Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 187 ocorrências.

Reforce a proteção contra o vírus

A SES-MG orienta que a população tome algumas medidas de higiene respiratória para evitar a propagação da doença, são elas:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários