Home NotíciasCoronavírusAutora de vídeo sobre ‘enterro de pedras’ pede perdão a Kalil, Zema e população mineira: ‘Arrependida’

Autora de vídeo sobre ‘enterro de pedras’ pede perdão a Kalil, Zema e população mineira: ‘Arrependida’

valdete zanco polícia pedras

A mulher responsável por um vídeo no qual divulga informações falsas sobre caixões que estariam sendo enterrados, em Belo Horizonte, sem corpos gravou novo vídeo para pedir desculpas. Na gravação, divulgada nesta quarta-feira (6) pela Polícia Civil, Valdete Pereira Zanco se disse arrependida e pediu desculpas às famílias que perderam entes queridos, vítimas da Covid-19.

+ Mulher grava vídeo com informações falsas sobre ‘enterro de pedras’ em BH e vira alvo da polícia

Leia mais: Mulher mata morador de rua após ter celular furtado

Na última semana, viralizou nas redes sociais um vídeo no qual Valdete afirma que vários caixões de vítimas do coronavírus estariam sendo enterrados com pedras e pedaços de madeira em vez de corpos em BH. Ela afirma também que as famílias das vítimas estariam enterrando os caixões devido a uma suposta falta de coveiros nos cemitérios da cidade.

+ Autora de vídeo sobre ‘enterro de pedras’ se apresenta à polícia e pede desculpas: ‘Equívoco’

Nas imagens, a mulher acusava autoridades de BH de enterrar caixões com pedras e madeira no lugar dos corpos. “Mandaram ir lá e arrancar todos os caixões pra ver se é coronavírus mesmo. Sabe o que tem dentro do caixão? Pedra e madeira. Um monte de caixão cheio de pedra e madeira”, disse a autora em vídeo que foi amplamente compartilhado.

Leia mais: Sem água! Bairros de BH e de Ibirité terão abastecimento interrompido

Uma equipe de policiais da 4ª Delegacia de Polícia Civil Centro de Belo Horizonte, compareceu à cidade de Campanha, no Sul de Minas, onde localizou e identificou formalmente a autora do vídeo. Ela foi levada até a Delegacia de Polícia da cidade, onde prestou depoimento e teve o seu aparelho celular apreendido para exames periciais.

‘Perdão’

“Vim aqui para pedir desculpas, pedir perdão, para o prefeito de BH, para o governador, para o Estado de Minas Gerais e para as famílias que se sentiram entristecidas com aquilo. Quero aqui, diante de todos, pedir desculpas, perdão. Não era a minha intenção, eu não propaguei, mas quero dizer que estou arrependida, sofri bastante com tudo isso que aconteceu”, disse a autora em vídeo gravado pela polícia.

De acordo coma Polícia Civil, “as investigações seguem, visando apuração dos fatos”. O órgão ainda relata que “demais informações serão repassadas em momento oportuno”.

Comentários