Home NotíciasBHAssociação de hotéis alerta que coronavírus pode gerar 1,8 mil demissões na Grande BH

Associação de hotéis alerta que coronavírus pode gerar 1,8 mil demissões na Grande BH

hoteis demissao bh ouro minas quarentena

A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Minas Gerais (ABIH-MG) estima que 1,8 mil funcionários dos estabelecimentos de Belo Horizonte e da região metropolitana poderão perder o emprego por causa da crise causada pelo coronavírus. Um levantamento realizado pela entidade mostra que 42 hotéis da capital mineira suspenderam suas atividades.

Até o fim do mês passado, 32% dos hotéis de Belo Horizonte estavam fechados, enquanto 90 ainda estavam em operação. No entanto, a ABIH-MG alerta que as incertezas que rondam o setor podem fazer com que mais estabelecimentos encerrem as atividades. Entre os hotéis fechados temporiamente estão o Fasano, Mercure Lourdes, BHB, Quality Pampulha. O Ouro Minas (na foto de destaque) está aberto desde o início da crise do coronavírus.

Leia mais: Kalil sinaliza reabertura e pede perdão a comerciantes e desempregados

Hotéis das cidades turísticas como Ouro Preto, Diamantina, Serra do Cipó e Marina foram afetados diretamente pelo coronavírus e suspenderam as atividades. Em todo o Estado, o número de demissões pode chegar a 4,5 mil, segundo a ABIH-MG. A entidade aguarda do Governo de Minas e das prefeituras pedidos para que seja dada a isenção do IPTU e do ICMS, além da redução do ISS. Pedem ainda o fim da cobrança da taxa mínima da água.

Leia esta reportagem completa no Tudo Viagem, parceiro do BHAZ.

Celso Martins

Celso Martins

Celso Martins é criador do blog Tudo Viagem, que reúne informações sobre passagens aéreas, hotéis e roteiros turísticos.

Comentários