Home NotíciasBHBares ficam lotados em Nova Lima e Kalil tem conversa com prefeito: ‘As aglomerações por lá vão acabar’

Bares ficam lotados em Nova Lima e Kalil tem conversa com prefeito: ‘As aglomerações por lá vão acabar’

Aglomerações fizeram Kalil ter conversa com prefeito de Nova Lima

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, restaurantes localizados no bairro Vila da Serra, em Nova Lima, na região metropolitana, foram flagrados lotados nesta sexta-feira (8). O fato fez o prefeito da capital, Alexandre Kalil (PSD), ter uma “conversa” com o mandatário da cidade (veja abaixo).

A prefeitura de Nova Lima flexibilizou, desde a terça-feria (5), o funcionamento do comércio. O decreto, assinado por Vitor Penido (DEM), determina, por exemplo, que os restaurantes funcionem em horário reduzido, das 11h às 15h.

Leia mais: Brasil tem 65,4 mil mortes causadas pela Covid-19

O texto ainda obriga que os estabelecimentos dos serviços de alimentação funcionem com no máximo 1/3 da capacidade e distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas e de 2 metros das mesas.

De acordo com o Boletim Epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), há 92 casos confirmados de Covid-19, em Nova Lima. Até o momento, sem nenhuma morte.

Comércio cheio

Leia mais: Região de Minas atinge 100% de ocupação de leitos

Mesmo com as recomendações, restaurantes foram flagrados lotados de clientes. Na Vila Monjardim Costelaria, por exemplo, muitos clientes foram vistos sem o uso de máscara e próximos uns dos outros.

O BHAZ entrou em contato com o estabelecimento, mas foi informado que os responsáveis tinham ido embora. Apesar disso, funcionários garantiram que o decreto municipal tem sido cumprido.

A assessoria da prefeitura informou à reportagem que tem realizado fiscalizações unificadas entre fiscais da Vigilância Sanitária, Procon, Guarda Municipal, Fiscalização Urbana e Secretaria do Meio Ambiente com apoio da PM.

Apesar disso, o grande obstáculo tem sido a conscientização das pessoas. A partir da próxima segunda-feira (11), a fiscalização na cidade será ampliada, principalmente nos pontos de maior aglomeração.

Kalil se manifesta

Os flagrantes de aglomerações fez o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, utilizar as redes sociais para informar que teve uma conversa com o prefeito de Nova Lima.

“Conversei com o meu colega Vitor Penido, de Nova Lima, e fiquei sabendo que as aglomerações por lá vão acabar. Quanto mais compromisso tivermos, mais cedo poderemos sair com segurança”, postou.

Ao final da postagem, Kalil disse que não manda na cidade da Grande BH, mas que confia “na responsabilidade das pessoas e da PM”.

Além de Kalil, outros usuários do Twitter se manifestaram contrários à ida de pessoas em restaurantes e bares durante a pandemia da Covid-19.

“Eu queria muito saber o que passa na cabeça dessa galera que tá indo pra bar/restaurante em Nova Lima. Está cada vez mais difícil ter empatia por quem não tá nem aí pra quarentena”, “Vergonha desse comércio sendo liberado, vergonha dessa galera em bar bebendo… Todo mundo sem máscara ou qualquer outro tipo de proteção”, escreveram alguns internautas.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários