Home NotíciasCoronavírusHomem viaja mais de 1,7 mil km com sintomas de Covid-19 e descobre estar infectado em Minas

Homem viaja mais de 1,7 mil km com sintomas de Covid-19 e descobre estar infectado em Minas

Homem foi até a Santa Casa de Misericórdia de Porteirinha com os sintomas do coronavírus

Um homem de 32 anos viajou do Pará até Minas Gerais após apresentar sintomas da Covid-19. O rapaz saiu da cidade de Xinguara com destino à Porteirinha, no Norte de Minas, cidade natal dele.

A distância entre as cidades é de, aproximadamente, 1.712 quilômetros, passando pelo trajeto mais rápido que inclui uma travessia de balsa.

Leia mais: PF prende suspeito de ameaçar Rodrigo Maia e ministros do STF

A Prefeitura de Porteirinha explica que, na segunda-feira (11), o homem buscou atendimento na Santa Casa de Misericórdia da cidade já com os sintomas do novo coronavírus.

No dia seguinte, terça-feira (12), realizou o exame na rede particular de saúde e teve a confirmação que estava infectado. A prefeitura ressaltou que o paciente está em isolamento domiciliar, já que não apresenta sintomas graves da doença.

Covid-19

Leia mais: Kalil sinaliza reabertura e pede perdão a comerciantes e desempregados

A cidade de Porteirinha, conforme Boletim Epidemiológico, tem dois casos confirmados de Covid-19 e nenhuma morte.

O outro caso positivo é de uma mulher que veio da Bahia e teve a notificação em 17 de abril, após procurar a UBS (Unidade Básica de Saúde) São Joaquim. A paciente de 36 anos está curada da enfermidade.

Já em Xinguara (PA), cidade onde o homem estava, há 28 confirmações de Covid-19 e dois óbitos, até essa terça-feira (12). Um paciente está internado em estado grave na UTI do Hospital Regional de Redenção.

A prefeitura está monitorando ainda 52 pessoas que tiveram alguma ligação com casos confirmados do novo coronavírus.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários