Home NotíciasCoronavírusPai e filha se fantasiam todos os dias para colocar o lixo para fora, conquistam vizinhança e viralizam

Pai e filha se fantasiam todos os dias para colocar o lixo para fora, conquistam vizinhança e viralizam

pai filha fantasias espanha

Um pai e uma filha viralizaram após começarem a tirar o lixo de casa fantasiados, na Espanha. Jaime Coronel, de 34 anos, e Mara, de 3, saíram para levar o lixo fantasiados, pela primeira vez, há quase dois meses, logo no início da quarentena em Puertollano. Os vizinhos e a esposa começaram a fotografar e filmar, e as imagens circularam por todo o planeta.

Segundo informações do El Pais, há quase dois meses, Jaime Coronel estava arrumando a casa e guardando as coisas no depósito quando encontrou uma fantasia de Olaf, o boneco de neve da animação Frozen, da Disney. Sua filha também o viu, e os dois passaram o dia brincando fantasiados em casa.

Leia mais: ‘População mais pobre infectada pelo coronavírus protege os ricos’, aponta biólogo

Quando chegou a hora de recolher o lixo, ele ainda estava vestido como Olaf e disse para si mesmo: “Vamos sair desse jeito mesmo” e desceu as escadas com a roupa. Ele fez isso coincidindo com os aplausos aos profissionais de saúde, pensando nos vizinhos e nas crianças do bairro que estariam apoiados nas varandas.

Criatividade

Leia mais: Brasil registra mais 1.071 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

A partir de então, nasceu uma pequena tradição. Coronel levava o lixo todos os dias, às 20h, com uma roupa diferente e voltava para o terraço para se juntar aos aplausos. Mais tarde, ele compartilhou em sua conta do Instagram os vídeos que sua esposa gravou, adicionando músicas apropriadas às roupas, quer fosse ladrão da La Casa de Papel, uma múmia ou o Coringa. No começo, ele fez isso sozinho, mas quando as crianças começaram a sair, sua filhinha se juntou a ele.

Ele explica que, desde que Mara nasceu, os dois se vestem todo Carnaval e Halloween. “Como tínhamos as roupas à mão e tínhamos que ficar confinados em casa, tinha que dar um jeito da minha filha se distrair. Então, todos os dias nós nos vestíamos com uma fantasia diferente para jogar o lixo fora”.

Ele ainda diz que foi encorajado ao ver que o bairro o recebia de uma maneira muito positiva: “Eles estavam esperando ele sair”, diz ele, observando que as crianças se divertiam ao vê-lo sair todos os dias com roupas diferentes. “No bairro, eles são muito agradáveis”.

29 trajes diferentes

Coronel fez isso durante 29 dias, com 29 trajes diferentes. Depois de descansar por alguns dias e quando as crianças foram autorizadas a sair, ele desceu mais nove vezes, acompanhado pela filha. Mara queria participar: Coronel conta que se lembra de como nos primeiros vídeos a garota às vezes é ouvida dizendo “papai, papai”. Eles repetiram algumas roupas, como Olaf (ela veio de Elsa) e Beast (ela era Bella), mas o resto também foi diferente.

Naturalmente, ele não tinha 40 fantasias em casa. Coronel até poderia comprar outras, mas grande parte da diversão consistia em fazer essas fantasias como forma de artesanato entre pai e filha. Com ajuda ocasional da avó, que é auxiliar de enfermagem, mas também foi costureira.

Em uma das últimas vezes que se fantasiaram, eles foram surpreendidos por profissionais da saúde, que deixaram as sirenes das ambulâncias ligadas. “Eles queriam prestar uma homenagem à minha garotinha, ficamos realmente muito felizes. Agradecemos imensamente por tudo o que eles têm feito, vocês são muito bons!”.

Comentários