Home NotíciasCoronavírusCovid-19: Cidade mineira proíbe venda de bebida alcoólica durante 20 dias; multa é de até R$ 5 mil

Covid-19: Cidade mineira proíbe venda de bebida alcoólica durante 20 dias; multa é de até R$ 5 mil

Venda estará proibida durante 20 dias

A Prefeitura de São Sebastião do Oeste proibiu a venda e o comércio de bebidas alcoólicas no município da região Centro-Oeste de Minas Gerais, a partir deste sábado (16). A medida é uma forma de conter o avanço da Covid-19 na cidade, que já tem 18 casos confirmados da doença.

O decreto, assinado pelo prefeito Belarmino Luciano Leite, proíbe inclusive a venda da bebida a delivery. A medida é válida pelos próximos 20 dias e quem descumprir estará sujeito à multa.

Leia mais: Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em março

Para os comerciantes, a punição é de R$ 5 mil, enquanto para o consumidor a multa é de R$ 80.

O BHAZ entrou em contato com a Prefeitura de São Sebastião do Oeste para entender a justificativa do decreto, porém foi informado que o local funciona somente até o meio-dia.

Uso de máscara

Leia mais: Kalil sinaliza reabertura e pede perdão a comerciantes e desempregados

O texto também torna obrigatório o uso de máscara nos estabelecimentos, ruas ou ambientes públicos. Quem descumprir também será multado em R$ 80.

O município ainda tornou obrigatório a utilização das máscaras em crianças a partir de 2 anos de idade. O uso será de responsabilidade dos pais ou responsáveis.

O decreto pode ser lido clicando aqui.

Covid-19

Em São Sebastião do Oeste, de acordo com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), 18 pessoas foram contaminadas pelo novo coronavírus. A cidade não tem óbitos pela doença.

No Estado, o número de casos de Covid-19 chegou a 3,9 mil, com 139 mortes provocadas pelo vírus. A informação foi divulgada pelo secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, em coletiva realizada na Cidade Administrativa, em BH.

+ Covid-19: Pico é adiado em MG, que passará a divulgar número de recuperados; 139 já morreram

Os mais novos números oficiais divulgados pelo Governo de Minas são:

  • 139 óbitos
  • 3.950 casos confirmados
  • 2.131 casos em acompanhamento
  • 1.680 casos recuperados
Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários