Home NotíciasBHSolidariedade em alta! ‘Lojinha solidária’ doa roupas e alimentos durante a pandemia em BH

Solidariedade em alta! ‘Lojinha solidária’ doa roupas e alimentos durante a pandemia em BH

Lojinha Solidária BH doa alimentos e roupas para os necessitados

O desejo de ajudar o próximo, durante a pandemia do novo coronavírus, fez a autônoma Vanessa Cevidanes e o marido Taine Cevidanes criarem a “Lojinha Solidária BH”, na casa dela, no bairro João Pinheiro, na região Noroeste da capital. Por lá, ela doa alimentos, roupas, calçados e materiais de higiene para as pessoas necessitadas.

A iniciativa teve início há dois meses quando Vanessa e diversos expositores da Feira do Mineirinho ficaram impossibilitados de trabalharem devido à Covid-19. “Quando a feira fechou a primeira coisa que pensei era o que fazer e logo veio: ‘Tenho que fazer algo para ajudar as pessoas'”, conta ao BHAZ.

Leia mais: Malhando na quarentena? Exercício físico deve ser ‘controlado’ para garantir bem-estar, alerta estudo

Assim que teve a ideia, Vanessa foi com o marido até o supermercado e fez compra de alimentos para doar. “Como mexemos com moda fitness, temos prateleiras em casa. Peguei elas e coloquei na calçada para doar os alimentos aos necessitados”.

Projeto foi idealizado junto com o esposo (Arquivo pessoal/Vanessa Cevidanes)

Nestes dois meses da Lojinha Solidária BH o grande de número de pessoas que procuram Vanessa a surpreende. “A necessidade das pessoas está muito grande, vocês não fazem ideia. Uma mãe me procurou falando que estava fazendo mamadeira pro filho com água e açúcar. A situação está muito difícil”, diz.

Leia mais: Polícia resgata irmãos em meio a fezes, comida estragada e mofo em Betim

Corrente do bem

Para poder ajudar ao próximo, Vanessa conta com a solidariedade de vizinhos, comerciantes e até de pessoas desconhecidas. “Nestes dois meses, graças a Deus, não voltou alimento pra gente doar. Tem dia que é mais apertado, mas ai Deus manda um anjo que nos traz doações”.

Como já citado, Vanessa faz a doação de alimentos e também de roupas. A chegada do tempo frio faz a autônoma pedir a colaboração no envio de agasalhos e cobertores. “As pessoas precisam de tudo um pouco, por isso, conto com a solidariedade para ajudarmos aqueles que precisam”, pede.

Além das roupas de frio, alimentos como arroz, feijão, macarrão e leite são necessários.

Alimentos recebidos para ajudar o próximo (Arquivo pessoal/Vanessa Cevidanes)

Onde fica?

A Lojinha Solidária BH funciona, das 9h às 18h, na rua Bueno do Prado – nº 635. Vanessa destaca que sempre pede para as pessoas levarem “o necessário” já que há outros necessitados.

“Estou com uma lista de pessoas para receber as cestas e tenho a certeza que vamos conseguir”. Quem puder ajudar pode ligar no número (31) 9 9905.5841.

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários