Home NotíciasBHCristiano Machado, Raja e mais: Veja onde estarão as barreiras sanitárias de BH

Cristiano Machado, Raja e mais: Veja onde estarão as barreiras sanitárias de BH

barreira sanitária BH endereços

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), assinou um decreto publicado no DOM (Diário Oficial do Município) desta sexta-feira (15), com os endereços das 18 barreiras sanitárias que serão instaladas em Belo Horizonte para controle do avanço do novo coronavírus na cidade.

Dentre os endereços (confira todos abaixo), estão vias de grande fluxo de veículos na capital, como as avenidas Cristiano Machado, Raja Gabaglia e Dom Pedro I.

Leia mais: Idoso estupra criança e coloca a culpa na cachaça: ‘Estava de fogo’

O decreto prevê a realização de exames de temperatura corporal nas pessoas que estiverem dentro dos veículos que forem parados nas barreiras.

“A pessoa cujo rastreamento clínico identifique suspeita de infecção pela Covid-19 será orientada e encaminhada para unidade de saúde específica, para ser assistida e evitar a possível propagação da doença”, diz trecho do decreto.

Confira os endereços de onde estarão
as barreiras:

Leia mais: ‘Batalha de rap’ entre pai e filho de 5 meses termina em gargalhadas
  • Avenida Amazonas, próximo ao viaduto do Anel
    Rodoviário;
  • Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, próximo
    à Rua Conde Pereira Carneiro;
  • Avenida Braúnas, próximo à Rua Xangrilá;
  • Avenida Professor Clóvis Salgado, próximo à
    Avenida Serrana;
  • Avenida Abílio Machado, próximo à Avenida
    Heráclito Mourão de Miranda;
  • Avenida Antônio Francisco Lisboa, próximo à Rua
    Expedicionário Paulo de Souza;
  • Rua Francisco Adolfo Viana, próximo à Rua Três;
  • Rua Júlio Mesquita, próximo à Rua Taboão da
    Serra;
  • Avenida Civilização, próximo à Rua dos Menezes;
  • Avenida Dom Pedro I, próximo à Rua Bernardo
    Ferreira da Cruz;
  • Avenida Cristiano Machado, próximo à Rua das
    Guabirobas;
  • Avenida Vereador Cícero Idelfonso, próximo à Rua
    Nogueira da Gama;
  • Avenida José Cândido da Silveira, no trecho
    entre a MG-05 e Rua José Moreira Barbosa;
  • Avenida dos Andradas, no trecho entre a Rua
    Itaguá e Rua Marzagânia;
  • Rua Jornalista Djalma Andrade, próximo à Avenida
    Dr. Marco Paulo Simon Jardim;
  • Avenida Raja Gabaglia, próximo à Rua Parentis;
  • Avenida Nossa Senhora do Carmo, no trecho do
    Belvedere;
  • Rua Haiti, no trecho entre a Avenida Presidente
    Eurico Dutra e Rua Patagônia.

As barreiras passam a funcionar na
capital a partir da próxima segunda-feira (18), conforme prevê o decreto. A
ação não restringe o direito de ir e vir. “Não serão impostas restrições à
saída de pessoas e veículos dos limites do território do município”, diz o
texto.

As pessoas que se recusarem a
realizar exames e parar nas barreiras quando solicitadas, poderão ser penalizadas
conforme lei de enfrentamento da emergência de saúde pública, assinada pelo
presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em 6 de fevereiro.

Medidas
de hospedagem

O texto assinado por Kalil também
traz medidas que precisarão ser adotadas pelo setor hoteleiro de BH, válido
também para pousadas, pensões, motéis, campings, albergues e outros alojamentos.

A partir de agora, os estabelecimentos deverão limitar o acesso a áreas comuns e proibir o uso de academias, piscinas e saunas. No formulário de check-in de cada hóspede, deverá constar se a pessoa teve contato com algum suspeito ou caso confirmado de Covid-19 nos últimos 14 dias.

Caso a resposta seja positiva, a
Secretaria Municipal de Saúde deverá ser acionada para determinar ao
estabelecimento as medidas necessárias de isolamento do hóspede ou atendimento médico.

Rafael D'Oliveira

Rafael D'Oliveira

Repórter do BHAZ desde janeiro de 2017. Formado em Jornalismo e com mais de cinco anos de experiência em coberturas políticas, econômicas e da editoria de Cidades. Pós-graduando em Poder Legislativo e Políticas Públicas na Escola Legislativa.

Comentários