Home NotíciasPolíticaPrefeito de Manaus reage após ser chamado de ‘vagabundo’ por Bolsonaro: ‘Um incapaz’

Prefeito de Manaus reage após ser chamado de ‘vagabundo’ por Bolsonaro: ‘Um incapaz’

Resposta do prefeito foi dada em vídeo nas redes sociais

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), após ser chamado de “vagabundo” por ele. Para Arthur, o presidente é “um incapaz e um completo incompetente”.

As críticas foram feitas como reação da divulgação do conteúdo de parte da reunião ministerial, onde, além de ofender o prefeito de Manaus, Bolsonaro fez insinuações sobre Arthur Virgílio Filho, pai do prefeito. “Também, sendo filho de quem é”, disse o presidente.

Em um vídeo postado nas redes sociais, Arthur Neto afirmou que “jamais” ofenderia o pai de Bolsonaro. “Posso dizer coisas muito duras para ele, como por exemplo que ele é um incapaz, um completo incompetente e não sabe para que lado vai o governo brasileiro”, disse em um dos trechos.

As críticas continuaram e o chefe do Executivo municipal completou: “Ele não está à altura de governar um país grande, complexo e valoroso. Estamos diante de um presidente despreparado para o exercício dessa função”.

Arthur Neto comentou também o posicionamento de Bolsonaro durante a pandemia do novo coronavírus. Para ele, o presidente tem parcela de culpa nos casos da Covid-19 e pelas mortes.

“Ele estimula as pessoas a irem para as ruas. Ele fica batendo perna em Brasília, ao invés de cuidar do governo. É uma irresponsabilidade ambulante”, afirmou.

Comentários