Home NotíciasBHEstudante recebe festa surpresa no meio da rua, que anima moradores de BH e surge como alternativa

Estudante recebe festa surpresa no meio da rua, que anima moradores de BH e surge como alternativa

festa surpresa meio da rua delivery bh

O distanciamento social tem feito com que cerimônias – tais quais casamento, aniversário, formatura – sejam reinventadas. Em Belo Horizonte, uma festa surpresa delivery movimentou a noite deste domingo (17) de moradores do bairro Vila Paris, na Zona Sul da capital – e surge como uma alternativa para quem não quer deixar a data passar em branco.

Por volta das 20h, a pasmaceira trazida pela quarentena foi substituída por gritos animados e música na rua Visconde do Rio das Velhas, quase em frente à Barragem Santa Lúcia, ponto movimentado da capital mineira em tempos normais.

Leia mais: Empresários da capital poderão parcelar impostos e IPTU até 2021, veja as regras

“Cadê o Bernardo, genteee?! Cadê os vizinhos para comemorar com o Bernardo? É festa aqui no bairro, quero todo mundo na janela cantando um parabéns bem animadooo”, uma voz feminina logo preencheu o marasmo da noite de um domingo de distanciamento social.

No meio da rua, um carro e pessoas com luzes neon animavam moradores – em especial, o tal Bernardo. “Primeiro eu tomei um susto e pensei ‘não é possível que estão fazendo isso comigo’. Mas, o carinho de pessoas que não podem estar perto de mim nesse momento, não tem preço”, conta ao BHAZ o estudante Bernardo Geo.

Leia mais: Atenção! BH terá baixas temperaturas até o domingo, alerta Defesa Civil
Ana Maria Geo/Arquivo Pessoal

A responsável pela surpresa foi a mãe dele, a empresária Ana Maria Geo. “O Bernardo adora festa, ele é super alegre e estava muito triste porque não tinha como comemorar o aniversário”, afirma, ao explicar que o filho completou 21 anos e, por causa da pandemia, teve frustrado o plano de comemorar em Las Vegas (EUA).

‘Um dos melhores aniversários’

Passado o susto inicial, Bernardo conta que, no final das contas, a comemoração será inesquecível. “Minha família cooperou demais comigo, como sempre coopera. Foi um dos melhores aniversários da minha vida. A viagem pode esperar, quem sabe no ano que vem”, diz.

Ana Maria Geo/Arquivo Pessoal

O estudante ainda recebeu carinho de pessoas que moram tão perto, mas com quem provavelmente nunca falou – ou mesmo viu. De quebra, os próprios vizinhos puderam sentir uma energia diferente em meio à quarentena.

“O povo está muito necessitado de alegria. Todo mundo foi para a janela, todo mundo cantou parabéns, foi muito emocionante. Eu vi até uma senhora idosa, de roupão e máscara, dançando na rua”, comenta Ana Maria, depois de ver o filho receber parabéns de várias varandas.

Alternativa

Quem levou alegria a Bernardo e moradores do bairro Vila Paris foi a empresa de eventos e entretenimento Camarero, no mercado há 18 anos. Com a pandemia que paralisa o mundo, a saída foi se reinventar para não deixar momentos especiais passarem em branco.

“No início, achei que podia parecer com aqueles carros de som meio barangas, mas o pessoal adorou. Movimenta a rua, os vizinhos ficam dançando na varanda. Hoje, quando desliguei o som, ouvi um vizinho falando: ‘vamos bombar essa rua aí!’”, conta a proprietária Fabiana Brito .

O serviço é uma forma de comemorar alguma data especial com animação, mesmo em isolamento social. Para garantir o astral, a empresa alugou um carro de som, decorou com balão, luzes e toca as músicas preferidas do homenageado.

“O brasileiro é muito festeiro e estava com falta disso. Então eu tive essa ideia, se você não pode ir até a festa, a festa vai até você”, afirma. “Teve uma que a gente fez há umas três semanas que a aniversariante até chorou (veja vídeo abaixo). O pessoal tá doido querendo se abraçar, dançar, se divertir”, complementa.

Para conferir mais do trabalho da Camarero, acesse o Instagram da empresa aqui.

Guilherme Gurgel

Guilherme Gurgel

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco nas editorias de Cidades e Variedades no BHAZ.

Comentários