Home NotíciasBHCachorro defende homem em situação de rua de ataque com barra de ferro no Centro de BH

Cachorro defende homem em situação de rua de ataque com barra de ferro no Centro de BH

homem cachorro

Um cachorro atacou um agressor para proteger seu dono, um homem em situação de rua de 47 anos, durante uma briga na madrugada desta sexta-feira (22), na avenida do Contorno, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O homem que atacava o dono do cachorro havia usado uma barra de ferro e carregava duas facas.

O suspeito da agressão, que também vive em situação de rua, tem 41 anos e foi internado no Hospital João XXIII após ser atacado pelo cachorro. Segundo o depoimento do dono do cão à Polícia Militar, ele estava dormindo quando o agressor o atacou.

A versão, confirmada à polícia por dois amigos da vítima, conta que, na noite da quinta-feira (21), o homem de 41 anos foi até o local onde os três vivem e disse que “não queria nem saber, só queria saber quem pegou o carrinho dele”. Depois disso, ele foi embora e os três homens dormiram.

Leia também:  Consulta para retirada de cestas básicas começa nesta segunda; PBH unifica processo

Ainda segundo a ocorrência, por volta de 1h45 da sexta-feira, enquanto eles dormiam, o homem voltou ao local e começou a atacar a vítima de 47 anos no braço esquerdo, com uma barra de ferro.

Leia também:  Incêndio atinge Toca da Raposa I, na Pampulha; Vídeo mostra chamas

Cão salva

O cachorro, que dorme com os três homens na rua, acordou e avançou no homem que agredia seu dono. De acordo com o depoimento da vítima, o cão desarmou o agressor e os outros dois homens pegaram as duas facas que caíram dele.

O homem de 41 anos continuou com a barra na mão e, segundo a vítima, disse que iria matá-la. A vítima aproveitou que o cachorro ainda avançava no agressor e conseguiu pegar a barra de ferro da mão dele e, de acordo com o próprio depoimento, bateu com ela na cabeça do homem que tentava atacá-lo.

Leia também:  Belo-horizontino supera drogas após morte do filho e se inspira para alimentar mais de 200 famílias por dia

Policiais do 1º Batalhão, durante um patrulhamento, se depararam com a cena do agressor ensanguentado no chão e do homem de 41 anos ao redor dele. Uma ambulância do SAMU foi acionada e os dois foram levados ao hospital. 

Ainda segundo a Polícia Militar, o homem já teria se envolvido em dois homicídios consumados, também contra pessoas em situação de rua. Ele foi preso em flagrante e internado no João XXIII. O dono do cachorro foi atendido para tratar a lesão no braço e liberado.

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários