Home NotíciasBHMédicos reforçam distanciamento, mesmo com flexibilização: ‘A partida não está acabada’

Médicos reforçam distanciamento, mesmo com flexibilização: ‘A partida não está acabada’

Flexibilização foi anunciada em coletiva

Belo Horizonte começa a viver na próxima segunda-feira (25), a primeira etapa de flexibilização do comércio durante a pandemia do novo coronavírus. A medida anunciada, nesta sexta-feira (22), pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte) fará com que mais comércios funcionem e consequentemente aumentará o número de pessoas nas ruas.

Diante disso, os médicos infectologistas que compõem o Comitê de Enfrentamento à Epidemia pedem que a população mantenha o distanciamento social.

“Não estamos em fim de festa. O jogo está em pleno andamento. A partida não está acabada. Isso [coletiva para anunciar flexibilização] não é comemoração, mas só uma reunião para dar andamento às novas etapas”, disse Estêvão Urbano, presidente da Sociedade Mineira de Infectologia e integrante do Comitê.

Leia também:  Morte por Covid-19 deixa cidade mineira com 2,7 mil habitantes em pânico: 'A fé é o que nos resta'

+ Salão de beleza, shopping popular e mais: PBH anuncia quais comércios poderão abrir a partir de segunda

Até o momento, a capital mineira registraa 1.351 casos confirmados de Covid-19 e 39 mortes. Para que os números não aumentem é fundamental a população seguir as medidas de distanciamento.

“Não comprem a ideia que flexibilizar significa que paramos de dar importância ao distanciamento. Tudo que conseguimos até agora, as mortes evitadas, foi, sem dúvida, pelo distanciamento. Se for à rua que faça com rapidez e volte rápido para casa”, alertou Urbano.

Leia também:  Consulta para retirada de cestas básicas começa nesta segunda; PBH unifica processo

Lockdown

Os médicos infectologistas ressaltaram que a reabertura gradual do comércio não significa que está descartado a possibilidade de BH ter um lockdown. A medida poderá ser tomada com base nos dados apresentados por indicadores.

“Flexibilizar significa aumentar o número de pessoas circulando. Este processo será feito em quatro etapas, a primeira na segunda. A evolução vai depender dos indicadores, como taxa de isolamento. Todos os dias vamos estar monitorando. Pode haver lockdown. Depende dos indicadores”, disse o secretário de Saúde, Jackson Machado.

Leia também:  Covid-19: Brasil chega a 526,4 mil casos e 29,9 mil mortes

O infectologista Carlos Starling também pediu a cooperação da população durante a flexibilização. “A população de BH tem que entender que o mecanismo [da reabertura do comércio] é intermitente, ou seja, podemos voltar atrás e a imprensa tem papel fundamental de ajudar a conscientizar a população”, disse.

Os profissionais também reforçaram a necessidade do uso das máscaras ao sair de casa.

Flexibilização

Confira a lista completa de comércios que poderão funcionar a partir da próxima segunda-feira (25):

Vitor Fórneas

Vitor Fórneas

Repórter do BHAZ desde maio de 2017. Jornalista graduado pelo UniBH (Centro Universitário de Belo Horizonte) e com atuação focada nas editorias de Cidades e Política.

Comentários