Home NotíciasInternacionalPrefeito fura quarentena para beber e se finge de morto para não ser preso

Prefeito fura quarentena para beber e se finge de morto para não ser preso

prefeito finge morto

Um político peruano recorreu a uma medida extrema para que ninguém descobrisse que ele havia furado a quarentena. Jaime Rolando Urbina Torres, prefeito do distrito de Tantará, no Peru, se fingiu de morto para evitar ser preso após sair para beber em meio à pandemia de Covid-19.

De acordo com o jornal Clarín, o mandatário saiu com um grupo de amigos na segunda-feira (18). A polícia recebeu uma denúncia de que haveria uma aglomeração e foi até o local para averiguar.

Quando as autoridades chegaram, o prefeito e os amigos tiveram a ideia de se esconder em caixões sem tampas. Eles, inclusive, usaram máscaras. O disfarce, como esperado, não deu certo e todas as pessoas presentes foram levadas à delegacia local. 

Imagem
Outras pessoas presentes no local também fingiram estar mortas (Twitter/Reprodução)

Ainda segundo a publicação, essa não é a primeira demonstração de irresponsabilidade do prefeito.

No dia 9 de maio, ele foi obrigado a assistir a uma reunião comunal de emergência na Praça das Armas de Tantará e teve que ser levado à força ao local. Ele demonstra total desinteresse com relação à pandemia.

Comentários