Home NotíciasBHBH tem dia mais frio do ano com sensação térmica de 0ºC; amanhã pode ser ainda mais gelado

BH tem dia mais frio do ano com sensação térmica de 0ºC; amanhã pode ser ainda mais gelado

dia mais frio bh

Quem acordou sentindo mais frio do que o normal em Belo Horizonte não teve uma impressão errada. A capital mineira teve, na manhã desta terça-feira (26), a menor temperatura do ano: 10,4ºC. Nas partes mais altas da cidade, a sensação térmica chegou a 0ºC e a semana pode ser ainda mais fria.

Ao amanhecer, a região Oeste da capital e as áreas mais próximas à Serra do Curral registraram a temperatura que bateu recorde em 2020. Segundo o meteorologista Heriberto dos Anjos, a semana deve ser marcada por muito frio, com temperaturas mínimas de, em média, 10ºC.

Leia mais: Cansada de ver a filha ser agredida, sogra mata genro em Minas

“Amanhã, a previsão é de que a temperatura mínima seja de 9°C e a máxima de 21°C, ou seja, pode haver um novo recorde. A massa de ar frio que atinge BH deve persistir ao longo da semana e as temperaturas não devem passar de 23ºC”, conta o meteorologista ao BHAZ.

O especialista acrescenta que, a partir da quinta-feira (28), a frente fria pode começar a se dispersar, mas os dias continuarão gelados em Belo Horizonte. Segundo ele, o frio é normal nesta época do ano e a tendência é que sejam registradas temperaturas ainda mais baixas nos próximos meses.

Recorde em Minas

Leia mais: ‘C* e andando pro Bolsonaro’: Versão de outdoor em Sete Lagoas bomba

Não foi só a capital mineira que teve o dia mais frio do ano. Na cidade de Maria da Fé, no Sul de Minas, a temperatura chegou a 1,3ºC, o recorde de 2020 no Estado. Segundo o meteorologista, esse frio também pode aumentar ao longo da semana, chegando a uma temperatura negativa.

“A temperatura mínima prevista para esta semana no Estado é de -1ºC e deve ser registrada na região da Serra da Mantiqueira, em cidades como Maria da Fé e Monte Verde. No Norte, que costuma ser mais quente, a temperatura máxima prevista é de 28°C”, explica Heriberto dos Anjos.

Tempo seco

O especialista também aponta para uma provável diminuição na umidade relativa do ar durante a semana. Nesta terça-feira, em Belo Horizonte, a umidade relativa registrada foi de 40% e, na quarta-feira, ela deve cair para 35%.

Também não há previsão de nenhuma chuva significativa no Estado. Ainda assim, ele aponta que regiões como o Vale do Rio Doce, no Leste de Minas, podem ter maior concentração de nuvens.

“A previsão é de uma semana fria e seca em Minas Gerais. A tendência da massa de ar fria é de não provocar chuvas, então, se ocorrer, devem ser chuvas fracas ao Leste. A previsão é de um céu claro em boa parte do Estado”, conclui o meteorologista.

Sofia Leão

Sofia Leão

Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Escreve com foco na editoria de Esportes no BHAZ.

Comentários