Home NotíciasMinas GeraisRompimento de açude em fazenda de Minas mobiliza bombeiros

Rompimento de açude em fazenda de Minas mobiliza bombeiros

ATUALIZAÇÃO ÀS 13H08: Matéria atualizada em 1 de junho de 2020, às 13h08, com o posicionamento da Bem Brasil.

Equipes do Corpo de Bombeiros trabalham no rompimento de um açude da Fazenda Água Santa, em Perdizes, no Triângulo Mineiro. A ruptura do reservatório ocorreu por volta das 2 horas da manhã deste domingo (31), na unidade da empresa alimentícia Bem Brasil. Não houve feridos.

Segundo nota divulgada pelos Bombeiros, o açude é usado para irrigar uma lavoura de batatas e desemboca em um outro bolsão que cai em seguida no reservatório de Nova Ponte.

Leia mais: ‘Mês, com toda certeza, que teremos mais óbitos’, diz Zema sobre julho
Corpo de Bombeiros/Divulgação

“O bolsão que se rompeu possuía a capacidade de 1 milhão de metros cúbicos de água e  a barragem que recebeu esse volume de água possuía a capacidade para 4 milhões de metros cúbicos. Foi observado que o nível de água na barragem subiu 1 metro. A porta dos vertedores da barragem foi aberta para escoar o excedente e aliviar a pressão na estrutura da barragem”, consta na nota.

Leia mais: Pai é preso por oferecer filha de 11 anos para homem estuprá-la em Minas

O medo dos agentes é que a barragem que recebeu o volume de água do açude não suportasse o peso. Caso ocorresse uma inundação, poderia atingir a BR-452, rodovia que fica em frente à empresa e também casas de moradores que vivem às margens do Ribeirão Santa Juliana.

O que diz a Bem Brasil?

“Sobre o incidente ocorrido na madrugada deste domingo (31/05), em Perdizes (MG), a Fazenda Água Santa informa que sua equipe de segurança acompanha, de perto, a atuação do Corpo de Bombeiros na avaliação das causas e possíveis impactos.

A Fazenda lamenta o ocorrido e reforça que, apesar dos transtornos, não houve vítimas e não há riscos de novos vazamentos. Ressalta, ainda, que atua, há décadas, com total responsabilidade e respeito ao meio ambiente e à comunidade“.

Comentários