Home NotíciasPolíticaPrincípio de confusão acontece na dispersão de protestos na Esplanada

Princípio de confusão acontece na dispersão de protestos na Esplanada

confronto esplanada

Por Suzano Almeida e Roberto Wagner

Manifestantes pró e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) quase entraram em conflito na tarde deste domingo (21/06) na Esplanada dos Ministérios. Quando os dois atos começaram a dispersar, houve um princípio de confusão, mas a Polícia Militar conseguiu afastar o grupo.

Leia mais: Capitão da PM morre em decorrência da Covid-19 em Minas

Organizadores dos dois grupos pediram para os presentes não caírem em provocações. A cavalaria da corporação estava na área para evitar que as pessoas entrassem em confronto. Ambos grupos se concentraram, na manhã deste domingo, em pontos diferentes da Esplanada, mas começaram a se mexer após algumas horas. Com gritos de “Bolsonaro vai cair”, o ato contra o presidente começou a andar em direção ao Congresso Nacional. O protesto a favor do chefe do executivo já se encontrava no local.

Para evitar atritos, as vias S1 e N1 foram divididas. Carros não podiam passar pelo local. O esquema de segurança da Polícia Militar estava forte.

Manifestantes pró-bolsonaro

Leia mais: Covid-19: Aumento de casos e relaxamento de medidas sanitárias ‘brecam’ flexibilização do comércio em BH

Do lado a favor do governo, os manifestantes levaram faixas com frases de apoio a Bolsonaro e de ataque ao comunismo. Havia também protestos a favor da intervenção militar e da elaboração de uma nova constituição. Os presentes ainda levaram mensagens de ataque ao Supremo Tribunal Federal (STF) e pedido de impeachment ao ministro Alexandre de Morais.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do BHAZ

Comentários