Home NotíciasCoronavírusSantuário do Caraça anuncia reabertura para hóspedes

Santuário do Caraça anuncia reabertura para hóspedes

santuario caraça reabertura hospedes

Conhecido internacionalmente por sua riqueza ambiental, cultural, histórica e religiosa, o Santuário do Caraça se prepara para reabrir as portas para os turistas, a partir do dia 12 de julho, após restringir o acesso de visitantes e hóspedes por mais de 90 dias devido à pandemia de Covid-19.

O local voltará a funcionar, gradualmente, seguindo o novo decreto da Prefeitura de Catas Altas, na região Central de Minas, que libera as atividades de hospedagem por meio de decreto municipal.

Neste primeiro momento, não será possível receber visitantes que vão apenas passar o dia e só serão autorizadas estadias previamente reservadas. O Santuário do Caraça aderiu ao Programa Turismo Responsável, do Ministério do Turismo, que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor. O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção do coronavírus.

Leia mais: Brasil tem 514 mortes por Covid e 24.746 novos infectados em 24 horas

Mudança de processos

Mesmo antes da decisão da Prefeitura, a equipe do Santuário do Caraça já estava revendo procedimentos e planejando a reabertura.

“Quando as autoridades de saúde recomendaram a suspensão das atividades de hotelaria no início da pandemia, concordamos e apoiamos, afinal o objetivo é preservar a saúde e as vidas. Neste período, aproveitamos para alinhar processos internos com o intuito de afastar as possibilidades de contaminação aqui dentro”, explica Márcio Mól, gerente do Santuário do Caraça.

Leia mais: UFMG tem primeiro dia de aulas online e alunos não economizam queixas

Ele esclarece ainda que o local está seguindo todas as recomendações das autoridades do setor: “Estamos adotando protocolos recomendados pelo Ministério do Turismo, oferecendo segurança para nossos colaboradores e para o turista que se hospedar conosco, desde que o mesmo se comprometa a cumprir as regras e procedimentos de segurança”.

Para que o hóspede possa visitar o Santuário do Caraça, é necessário obedecer as orientações repassadas no momento da reserva, que só será efetivada com a ciência de que o turista está de acordo com os procedimentos detalhados. Confira abaixo alguns dos novos acordos para hospedagem no local:

Orientações para os hóspedes

  • Utilizar máscara, de preferência caseira, durante todo período de permanência fora do quarto;
  • Realizar a higienização das mãos ao entrar no estabelecimento, acessar balcões de atendimento, ao realizar check-in e check-out e ao sair do estabelecimento;
  • Evitar rir, conversar, manusear o telefone celular, ou tocar no rosto, nariz, olhos e boca, durante a permanência no interior do estabelecimento;
  • Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e boca com um lenço descartável, descartá-lo imediatamente e realizar higienização das mãos. Caso não tenha disponível um lenço descartável, cobrir o nariz e boca com o braço flexionado.

Check-in

  • Será realizada a aferição da temperatura corporal através de termômetro laser, no momento de acesso pela portaria principal, bem como entregue uma ficha de avaliação de saúde durante o processo de entrada;
  • A Recepção, bem como outros espaços no Santuário do Caraça, está sinalizada com faixas no chão e fitas coloridas, obedecendo as regras de distanciamento de segurança, a obediência à demarcação é obrigatória.

Áreas comuns

  • O uso da máscara é obrigatório em todos os lugares do Santuário, corredores, estacionamento, espaços abertos, trilhas e outros. O hóspede fica livre para não usar a máscara apenas dentro de sua acomodação.
  • Os ambientes de uso comum no Santuário do Caraça estarão fechados e ou desativados. São eles: centro de visitantes, museu, biblioteca, sala de TV e sala de jogos;
  • Durante a “Hora do Lobo”, o número de hóspedes será limitado de acordo com os assentos disponíveis no local e controlado por monitores do Santuário;
  • Não haverá missas e outras celebrações religiosas com a presença de hóspedes.
  • A lanchonete e a loja de suvenir e artigos religiosos terão o horário de funcionamento limitado (das 8h às 11h e das 14h as 16h45). O atendimento será feito de um hóspede por vez e os demais devem aguardar o atendimento dentro de áreas demarcadas.
  • É solicitado que o consumo de alimentos e bebidas seja realizado dentro dos apartamentos. Não haverá mesas disponíveis na lanchonete.
  • O serviço de café da manhã será alterado e limitado para obedecer as regras sanitárias. Não será disponibilizado o auto preparo no fogão à lenha (ovos, queijo quente, pão na chapa e panquecas);
  • O acesso ao refeitório será controlado e serão feitas aferições de temperatura a cada acesso (café da manhã, almoço e jantar);
  • Foram estabelecidos novos protocolos de segurança para o serviço de almoço e jantar. O uso da máscara é obrigatório para acessar o “buffet”, bem como a higienização das mãos e uso de luva plástica (fornecida no local) para servir;

Arrumação/serviços de camareira

  • As acomodações estão passando por um processo completo de higienização, com desinfecção de piso, paredes, banheiro, maçanetas e outros;
  • A arrumação dos quartos será realizada apenas no terceiro dia de hospedagem e não contemplará troca de enxoval. Para hospedagens com período menor, não haverá arrumação;
  • Caso seja necessária a troca de roupas de cama durante a hospedagem, a mesma deverá ser solicitada na recepção e realizada pelos próprios hóspedes com o enxoval higienizado entregue.
  • Os ambientes comuns serão limpos e higienizados com maior frequência por soluções sanitizantes e álcool 70%.
Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários