Home NotíciasInternacionalMoças são condenadas por crimes para ficarem perto de ídolo de k-pop em voo

Moças são condenadas por crimes para ficarem perto de ídolo de k-pop em voo

mulheres condenadas crimes idolo kpop

Por Juliana Barbosa

Duas mulheres de 30 e 34 anos foram condenadas na Coreia do Sul após tentarem reservar, através de meios ilegais, assentos próximos de seu ídolo em um voo.

Leia mais: Filha de Gilberto Gil usa roupa de astronauta para ver amor secreto em NY

Na Coreia, o termo “sasaengs” é usado para se referir a pessoas que perseguem e invadem a privacidade dos artistas sul-coreanos. As duas sasaengs obtiveram informações confidenciais sobre o voo em que o ídolo estaria.

A mulher de 34 anos foi acusada de violar a lei referente à promoção do uso e proteção de redes de informação e comunicação e condenada a seis meses de prisão, dois anos em liberdade condicional e 160 horas de serviço comunitário. Já a de 30 anos foi sentenciada a quatro meses de prisão, dois anos em liberdade condicional e 160 horas de serviço comunitário.

Leia a reportagem completa no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Leia mais: Após pressão, OMS reconhece que coronavírus pode ser transmitido pelo ar

Comentários