Home NotíciasVariedadesEmpresa paga R$ 53 mil para estudar seu hábito na hora do número 2

Empresa paga R$ 53 mil para estudar seu hábito na hora do número 2

vaso gravar cocô

Por Rafael Campos

Você deixaria alguém analisar seus hábitos enquanto faz o número dois? Não? E se essa pesquisa vier atrelada ao pagamento de R$ 53 mil? Já fica mais fácil, não é? É isso que uma empresa de Nova York está oferecendo. Especializada em vasos sanitários, a Tushy pretende pagar US$ 10 mil para avaliar os costumes de pessoas selecionadas na hora de defecar. Por três meses, o “vice-presidente para assuntos fecais” da marca irá documentar não apenas a dieta dos escolhidos, mas as evacuações diárias, que serão descritas nas redes sociais.

Leia mais: Whatsapp para de funcionar e deixa usuários estressados

“Tudo o que você precisa é fazer cocô todos os dias por três meses e gravar o que está fazendo“, disse a fundadora da Tushy, Miki Agrawal, ao New York Post. Além disso, os selecionados deverão falar sobre as diferenças entre o papel higiênico comum e os produtos para limpeza do bumbum da empresa, que serão fornecidos.

“Queríamos fazer algo enquanto as pessoas estão desempregadas no momento e queríamos oferecer um trabalho divertido que deixará alguém cheio de dinheiro”, afirmou Agrawal. Quem pode se candidatar? “Qualquer pessoa que tenha bunda”, garante Jason Ojalvo, CEO da Tushy. Além disso, o interessado deve enviar um vídeo de até um minuto e meio justificando o porquê de seu bumbum ser o melhor para a posição e enviar para o vice-presidente de assuntos fecais até 7 de julho. O trabalho vai começar no dia 22 do mesmo mês.

Leia outras matérias no Metrópoles, parceiro do BHAZ.

Leia mais: EUA anunciam avanço para fase final de vacina contra Covid-19

Comentários