Home NotíciasVariedadesJovens brigam por causa de namorado e confusão viraliza na web

Jovens brigam por causa de namorado e confusão viraliza na web

briga yasmin suellen twitter

Quem navegou pelas redes sociais nesta madrugada provavelmente se deparou com uma briga entre duas jovens do Rio de Janeiro que tomou proporções enormes e acabou aparecendo mais de cinco vezes entre os assuntos mais comentados do Twitter até a manhã desta sexta (26). Na rede social, Suellen Dias expôs prints e áudios de ataques e ameaças que vinha recebendo de outra jovem: a confusão começou por causa de um rapaz que as duas namoraram e acabou caindo no júri popular das redes sociais.

Nas publicações, que já somam mais de 100 mil visualizações, Suellen conta que começou a sofrer ataques quando se envolveu com o ex-namorado de Yasmin Barbosa e exibe áudios que recebeu da mãe de Yasmin. “Agora a briga é comigo. Eu vou pra cima daquele babaca que se diz seu marido, aquele inútil. Se você acha que a minha filha se interessaria por um favelado pobre igual esse que você arrumou…”, diz a mulher em uma das mensagens.

Leia mais: Idoso desaparece em BH após sair para encontrar amigo: ‘Muita angústia’

Os ataques continuam, com a mãe de Yasmin chamando a jovem de “vagabunda, piranha, p***” e afirmando que tem como prejudicá-la, já que vem de uma família rica. “É uma vagabunda mesmo. Você não é uma mulher, você é uma moleca, ô favelada”, diz a mulher em um segundo áudio. Conforme mostram os posts, a própria Yasmin também ameaça prejudicar a jovem: “Vai lavar um tanque de roupa, vai lá dar comida pra pedreiro. E cuidado pra eu não embargar a obra do seu namorado todinha, porque o meu irmão é engenheiro e empresário”.

Em outro momento, ela volta a citar a família rica. “Vou te dar um psiquiatra bom, procura ele lá. Meu tio é diretor do hospital, quem sabe ele não consegue uma vaguinha pra você? É uma família que tem dinheiro né, meu amor”, diz. Um terceiro áudio mostra ainda mãe e filha conversando e continuando os ataques: “Vagabunda, p***, é isso que você é. Ela posta foto em motel, é o que, mãe?”

Leia mais: Nego do Borel sofre acidente e precisa passar por cirurgia

‘Os Pôncio de Volta Redonda’

A confusão ganhou proporções ainda maiores quando chegou a um influenciador digital do Rio de Janeiro. Com mais de dois milhões de seguidores, Thomas Santana reuniu todos os áudios e prints divulgados nas redes sociais e gravou um vídeo reagindo aos ataques que a jovem recebeu. No vídeo, publicado nesta madrugada, ele comenta a treta com humor e defende a jovem que foi vítima dos ataques.

“Vai doar máscara, álcool em gel, compra aparelho respiratório para Covid-19… Tem um monte de gente morrendo, por que você não ajuda? Sua família não é rica?”, diz Santana em resposta aos áudios em que mãe e filha mencionam a situação financeira da família como um argumento de superioridade. Em outro momento, ele critica: “E dizem que são crentes… Nossa, ‘se encontramo’ lá no inferno, hein família”.

Depois que Thomas fez a publicação, a treta viralizou de vez. Desde a madrugada até o início desta manhã, os nomes das jovens, de Thomas e o termo “Volta Redonda” figuraram entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil, com muita gente comentando a briga e associando o caso a uma família do Rio de Janeiro já conhecida pelas confusões e pelo dinheiro: a família Pôncio. “Gente, eu tô passada com essa treta da família Pôncio de Volta Redonda, que baixaria, amo”, comentou uma mulher.

A reação de Thomas Santana ao conteúdo também foi muito comentada: “Tô há meia hora atualizando os stories do Thomas”, disse uma seguidora. Outra comentou: “O Thomas Santana é minha religião, socorro”. “Bom dia pra quem dormiu às 4h da manhã acompanhando as tretas de Volta Redonda pelo Thomas Santana”, disse uma terceira.

A jovem que fez os ataques à Suellen não comentou o caso, disse que teve uma rede social hackeada e desativou sua conta no Instagram com um comentário subjetivo na parte de informações sobre o perfil: “Mentira tem perna curta e serve só para os fracos que não têm competência suficiente para encarar a verdade”.

Giovanna Fávero

Giovanna Fávero

Estudante de Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). Escreve com foco na área de Guia e Cultura no BHAZ.

Comentários